Veja 6 plantas que você não deve cultivar no jardim de casas com pets e crianças

0
1

Folhas e flores trazem vida e beleza aos ambientes, tornam os lugares mais frescos e, normalmente, são detalhes totalmente inofensivos, com um enorme potencial para transformar a decoração do lar. Mas por mais que tudo isso seja a mais pura verdade, há plantas que você não deve cultivar em casa, principalmente quando a lista de moradores inclui crianças e animais de estimação.

É isso mesmo! Existem diversas espécies tóxicas que podem causar alergias, inflamações e até mesmo colocar em risco a vida dos pequenos e dos pets. Quer saber como manter a segurança da sua família e dos seus bichinhos? Então confira nossa lista com 6 plantinhas que não só podem como devem ficar longe do jardim da sua casa. Acompanhe:

Alamanda

A alamanda é um arbusto tóxico que exige cuidados especiais principalmente em casas com crianças e animais de estimação. Apesar de ser usada na medicina popular como um tipo de purgante, a ingestão acidental de alamanda pode causar náuseas, vômitos, diarreia e intensas cólicas abdominais.

Comigo-ninguém-pode

A comigo-ninguém-pode é uma espécie que tem o potencial para causar sérias intoxicações nos pimpolhos e nos pets, já que suas folhas, suas flores e seu caule são impregnados de cristais de oxalato de cálcio e outras substâncias nada saudáveis. Quando esses compostos entram no organismo, podem gerar graves reações inflamatórias, comprometendo a respiração e causando asfixia. Em contato com os olhos, podem provocar irritação e lesões na córnea.

Coroa-de-cristo

Atenção: a coroa-de-cristo é uma planta muito tóxica! Além de ter espinhos que podem ferir a criançada e os animaizinhos, essa espécie carrega, em seu interior, uma seiva leitosa que pode causar lesões na pele e nas mucosas.

Espirradeira

As folhas de espirradeira podem causar envenenamento sérios e sintomas como vertigem, sonolência, dispneia, diarreia, dores abdominais, pulsação acelerada, irritação da boca, náuseas, vômitos e muitos outros problemas que ameaçam a saúde e o bem-estar dos moradores. Em casos mais graves, o consumo de espirradeira pode inclusive levar ao coma ou à morte!

Guiné

A guiné também é uma plantinha bastante tóxica, com seu consumo podendo causar apatia, insônia, alucinações e alteração do sistema nervoso. Como se não bastasse, essa espécie provoca diarreia, desidratação corporal e também prejudica a saúde dos rins. Um perigo constante tanto para os pequenos como para os bichinhos.

Mamona

A mamona é pequena em tamanho, mas pode ser um grande perigo para a meninada e para os animais de estimação, uma vez que o consumo do seu óleo provoca indigestão e diarreia, enquanto a ingestão de suas sementes traz um sério risco de morte por causa da toxina ricina. Para você ter ideia melhor do perigo, saiba que apenas 3 sementinhas já são suficientes para possivelmente matar uma criança!

Lembre-se de que, em caso de intoxicação, é importante levar a criança ou o pet para um médico ou veterinário o mais rapidamente possível! Afinal de contas, somente esses profissionais são realmente capacitados para tomar as devidas providências nesse tipo de situação. Mas o melhor mesmo é evitar esse tipo de risco, não acha? Então que tal aprender que plantas devem ser cultivadas dentro de casa?

Agora aproveite para nos contar se você conhece outras espécies tóxicas que não foram mencionadas neste post! Comente e divida suas dicas conosco! E se quiser receber outras dicas de segurança doméstica ou de decoração, não deixe de assinar a nossa newsletter para continuar acompanhando nosso blog!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria

NO COMMENTS