Vale a pena financiar um apartamento novo?

0
172

Preço, localização, manutenção, valorização: tudo isto deve ser analisado por quem pretende comprar um imóvel. E todos estes quesitos variam se ele for novo ou usado. Por isso, é importante realizar uma boa pesquisa antes de investir em um novo espaço. Esta, afinal, pode ser uma aplicação para o resto da vida.

Se você pretende financiar um apartamento novo, conheça os prós e contras da ação antes de fechar o negócio!

Financiar um apartamento novo: confira as vantagens

O financiamento

Se o imóvel que você está de olho é novo, saiba que é possível conseguir 100% do valor do financiamento. No caso dos usados, o máximo é de 80%. Portanto, se você não tem o dinheiro para pagar a entrada, o apartamento na planta pode ser a melhor opção.

Em alguns casos, as taxas de juros do imóvel novo também são menores em comparação ao usado, então vale a pena fazer uma simulação.

Aprovação

Para que o seu financiamento seja aprovado, o imóvel precisa estar em perfeitas condições. Aquele que apresentar problemas estruturais ou de outra natureza não passará na vistoria.

O financiamento também só sairá se a documentação estiver totalmente regularizada. Deste modo, quando o apartamento em questão é novo, a ocorrência deste tipo de problema é mais rara.

Vida útil

Apartamentos novos demoram mais para exigir algum tipo de manutenção. Em geral, leva cerca de três anos até que necessitem algum reparo.

Se a ideia é vender o imóvel posteriormente, quanto mais novo ele for melhor será também o valor de negociação. Se seu objetivo é fazer um investimento, financiar um apartamento novo é a melhor aposta.

Modernidade

Se você busca uma apartamento com condomínio moderno, que ofereça uma boa área de lazer e outros benefícios, saiba que os mais novos têm maior probabilidade de atender à sua necessidade.

As construtoras têm se preocupado em erguer empreendimentos que valorizem a área comum e que proporcionem uma melhor divisão interna dos cômodos, de modo que o investimento em um novo imóvel, neste sentido, é o mais aconselhável.

E quanto às desvantagens?

O preço

Você conseguirá um apartamento até 50% mais barato, no mesmo bairro, se ele já for usado. Portanto, se você tem pelo menos 20% do valor total do imóvel, vale a pena fechar o negócio.

Ao tentar adquirir um imóvel usado, você terá um melhor poder de barganha, podendo negociar um desconto com o proprietário ou até mesmo realizar uma troca (dar um carro como entrada, por exemplo).

Pronto para morar

Se você tem urgência em se mudar, o imóvel usado é mais vantajoso. Se tudo estiver regular, a aprovação do financiamento é rápida e em pouco tempo é possível ocupar o imóvel. No caso dos novos, a data da entrega muitas vezes não é cumprida. É uma alternativa para quem tem pressa em sair do aluguel.

A metragem

Os imóveis estão cada vez mais caros e menores. Construtoras têm investido prioritariamente em modernidade e otimização do espaço. Portanto, aqueles que têm família grande ou buscam um apartamento mais amplo, provavelmente encontrarão melhores opções nos imóveis usados.

Acabamento

Apartamentos vendidos na planta costumam ser entregues apenas com o acabamento das áreas molhadas (como cozinha e banheiros) prontos. Portanto, se este for o caso, você terá uma despesa extra para poder deixar tudo em ordem: especialistas dizem que os gastos com acabamento podem chegar a até 20% do valor total do imóvel.

Depois de todos os prós e contras que listamos acima, cabe a você ponderar as suas necessidades específicas e chegar a uma conclusão a respeito do financiamento de um imóvel novo. A melhor opção dependerá do seu orçamento, das demandas da sua família e dos seus objetivos acerca da nova residência. E aí, quais foram as suas impressões? Conte para a gente nos comentários!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria