Saiba quais itens são os mais sujos em uma cozinha e como limpá-los

0
961

Não dá para negar que a cozinha é um ambiente da casa que demanda muitos cuidados, até porque, os alimentos do dia a dia são preparados nesse espaço e, a falta de higiene na cozinha pode colocar em risco a saúde de toda a família. Por essas e outras, é preciso que a cozinha fique sempre limpa e seca.

Muitas bactérias, germes e micro-organismos podem se instalar na cozinha e, em pouco tempo, invadir o sistema digestivo através da ingestão de alimentos contaminados. Isso pode ocorrer até mesmo em cozinhas aparentemente limpinhas. Saiba que mesmo que o ambiente pareça impecável, ele pode esconder sujidades e perigos que ameaçam o bem-estar dos moradores. Em muitos casos, a limpeza superficial acaba mascarando esse problema e somente uma desinfecção profunda pode solucioná-lo.

Quer saber quais são as partes da cozinha que merecem mais atenção por acumularem muita sujeira, germes e bactérias? Então continue lendo o nosso artigo, conheça os itens que podem ser vilões da limpeza da cozinha e descubra como higienizá-los adequadamente. Vem com a gente!

Puxadores de gaveta e da porta da geladeira

Os puxadores das portas e gavetas são um prato cheio para o acúmulo de micróbios, germes e bactérias. Isso acontece porque ao manusear os alimentos e pegar nos puxadores sem lavar as mãos, você acaba transportando os micróbios do frango, do porco, do peixe e de outras carnes para os puxadores, contaminando assim a superfície. Para evitar esse tipo de contaminação cruzada, você  deve higienizar os puxadores com água e sabão, lavar sempre as mãos e fechar a torneira usando o cotovelo ou um papel toalha para impedir a recontaminação.

Torneira e a própria água

A torneira também tende a ficar muito suja, pois a todo momento, abrimos o registro para lavar os alimentos, encher panelas, etc. Por falar nisso, o ideal é usar água filtrada para cozinhar e lavar os alimentos, pois mesmo que ela seja fervida, se estiver contaminada ou tiver resíduos sólidos, a água pode acabar comprometendo o preparo saudável dos alimentos. Sendo assim, tenha um filtro diretamente na pia. Torneiras com filtro, você encontra nesse link.

Panos de prato

Ao contrário do que muitos pensam, os panos de prato não estão livres dos germes e bactérias da cozinha. Mesmo que eles sejam utilizados apenas para secar as mãos que acabaram de ser lavadas ou as louças já limpas, a umidade favorece o acúmulo de micróbios. A atitude mais eficaz para driblar esse problema é trocar os panos de prato diariamente e lavá-los separadamente das outras roupas, sempre com água sanitária.

Ralo da pia

O ralo da pia também é uma área suja da cozinha, pois ele é caminho de esgoto. Nesse caso, larvas e micro-organismos acabam se multiplicando nos ralos por conta do acúmulo de restos orgânicos, combinados com o calor e a umidade. Por conta disso, é fundamental higienizar o ralo com desinfetante pelo menos duas vezes por semana. Para uma limpeza mais profunda, use uma solução composta por 250 ml de água misturado com uma colher de água sanitária.

Esponjas

As esponjas absorvem muita água e acumulam milhares de germes em suas fibras. Só para se ter uma ideia, as esponjas aparecem no topo da lista dos produtos que acumulam mais germes na cozinha. Sendo assim, é fundamental que elas sejam trocadas com frequência.  Além disso, você deve usar esponjas diferentes para copos, pratos, talheres e panelas. Para completar, sempre lave a esponja e elimine o excesso de água depois de utilizá-las.

Agora que você já sabem que cantinhos aparentemente inofensivos da sua cozinha podem causar um estrago, dê mais atenção a eles e mantenha a limpeza da cozinha sempre impecável. Até a próxima!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria