Que tal utilizar quadros em sua decoração? Confira nossas dicas!

0
202

Decorar a casa do seu jeitinho é uma delícia, não é mesmo? Escolher objetos, a cor das paredes, os móveis e demais apetrechos é, sem dúvida, uma atividade muito prazerosa. Nessa hora se percebe que alguns itens são amplamente usados quando o assunto é decoração de ambientes. E bons exemplos disso são os quadros, que podem ser usados nos mais variados espaços da casa. Quer saber como investir corretamente nesses itens? Então acompanhe agora mesmo nossas dicas e aprenda a utilizá-los em cada ambiente. Vamos lá?

Escolhendo os quadros

Primeiramente você precisa saber que não há regras para a escolha desses objetos. Hoje em dia é muito comum a venda de obras só na tela, dando mais leveza às peças. No entanto, as molduras também são muito bem-vindas, dando um charme todo especial à composição. Para facilitar sua escolha, o ideal é saber qual estilo que você quer dar para o ambiente — se prefere o clássico, o despojado ou o clean, por exemplo —, assim fica mais fácil optar por um ou outro quadro.

Fazendo testes

Antes de sair furando todas as paredes da casa, faça alguns testes. Você pode, por exemplo, colocar o quadro na parede e pedir que alguém segure, visualizar as molduras no chão ou, ainda, usar recurso gráficos — alguns softwares de decoração contam com essa facilidade, sendo possível inserir quadros em um ambiente simulado. Não pule essa etapa, porque ela é extremamente importante para o resultado final!

Pendurando tudo

Geralmente os quadros costumam ficar centralizados na parede sobre um sofá, um aparador ou a cabeceira da cama, não é verdade? Pois essa é uma escolha bem clássica. Se você quer variar um pouco, saindo do tradicional e criando um ambiente mais moderno, por que não fazer o alinhamento pelas laterais em vez de centralizado? Mais uma vez os testes é que vão mostrar, na prática, qual será a melhor opção para seu ambiente e seu gosto.

Brincando com as molduras

Para quem adora cor, os quadros com molduras em cores vibrantes são uma ótima pedida. Eles podem ser usados no quarto, por exemplo, na parede sobre a mesa de estudos ou, se preferir, coloque-os sobre a cabeceira da cama e finalize a decoração com um criado-mudo em uma das cores. Aí está uma forma descontraída e super simples de decorar seu quarto! E aqui vai uma dica de ouro: se optar por molduras e criado-mudo em cores vibrantes, o ideal é investir em um mobiliário branco para não arriscar demais e poluir o ambiente.

Decorando o corredor

Como os quadros podem ser colocados em praticamente todos os espaços da casa, o corredor não poderia ficar de fora, certo? Quando se trata de uma obra de arte, o ideal é que a pessoa possa ficar a uma distância de pelo menos 1 metro e meio para visualizá-la. No caso dos corredores, espaços normalmente mais estreitos que isso, uma ideia bem bacana é criar uma espécie de linha do tempo com fotos. Você pode, por exemplo, pendurar diversas imagens de uma viagem em família. Imaginou como pode ficar legal?

Modernizando a cozinha

Nesse ambiente geralmente são usados quadros com fotos ou desenhos de alimentos, talheres ou até mesmo alguma frase sugestiva ou receitas completas. Mas para modernizar de verdade sua cozinha, providencie um quadro negro, que, além de decorar o ambiente, serve como um lembrete para recados, listas de compras e até para aquela receita que você pretende preparar no final de semana. Hoje já se acha até adesivos com essa função, se você preferir não pintar ou furar a parede. Dê uma olhadinha nas opções e escolha sua preferida!

Observando a luminosidade

Capriche na iluminação adequada para destacar ainda mais suas obras de arte, sejam elas de pintores renomados ou da sua afilhada. Faça um projeto de iluminação com spots de lâmpadas de led. Vale ressaltar, ainda, que os quadros não devem ser colocados em paredes com muita incidência de luz solar, porque isso pode acabar, com o tempo, desbotando sua peça.

Cuidando da cor das paredes

Se optar por quadros mais chamativos, o ideal é pendurá-los em paredes pintadas em tons mais claros e neutros. Mas se os quadros tiverem tons e molduras claras, é possível destacá-los usando uma cor um pouco mais forte nas paredes. No entanto, não exagere! E se estiver em dúvida, já sabe: teste, teste e teste mais!

O que vale é ousar, brincar e experimentar! Faça todas as alterações possíveis e escolha a composição que mais combina com você e com sua casa. E no caso de dúvida, não se esqueça de uma das regrinhas básicas quando o assunto é decoração: menos costuma ser sempre mais!

Agora comente aqui e nos conte: você gosta de quadros com ou sem moldura? Tem alguma dica para compartilhar conosco e enriquecer nosso post? Deixe suas impressões e sugestoes nos comentários e participe da conversa!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria