Qual o melhor tipo de piso para a garagem?

0
410

É comum ter dúvidas na hora de decidir qual será o piso para garagem. Será que na garagem se deve usar o mesmo piso escolhido para o restante da casa?

Quais características o piso desse ambiente deve ter? Que material se deve escolher para evitar aquele incômodo barulho provocado quando o pneu entra em atrito com o chão? Qual revestimento é mais seguro e impede que se escorregue na hora de lavar o espaço?

Alguma dessas questões já tomou mais de 5 minutos do seu tempo? Continue lendo o nosso artigo para esclarecê-las de uma vez por todas!

Não escolha qualquer piso

Um grande erro é querer economizar no piso da garagem e acabar escolhendo qualquer material só porque essa não é uma área de convivência. Para que investir em um piso bonito e de qualidade se ninguém, além de você, vai frequentar o ambiente, né? É isso que muitas pessoas pensam na hora de escolher entre um revestimento e outro para o espaço, o que acaba conduzindo ao equívoco de comprar um piso ruim ou querer aproveitar diversas sobras de pisos do restante da casa.

Opte por produtos resistentes

Quando for comprar o piso para sua garagem, escolha produtos de marcas confiáveis, matérias-primas de qualidade e garantia de resistência. Quando o piso é bom, as chances de o carro afundar o piso, das peças quebrarem ou do óleo — que eventualmente escorre do veículo — acabar manchando o revestimento são significativamente menores.

Melhor se prevenir do que ter o dobro de trabalho. No site da Casa Show você encontra pisos de qualidade para sua garagem. Clique aqui e confira!

Cheque prós e contra de cada piso

Piso cerâmico liso

O piso de cerâmica lisa é prático para instalar, barato para comprar e fácil de limpar. Eventuais manchas nessa superfície também são bem tranquilas para remover. No entanto, a grande desvantagem desse material é que não dá para evitar o barulho dos pneus no piso.

Piso de concreto

Supereconômico, o piso de concreto — ou contrapiso — é a alternativa mais interessante quando não se tem muita verba disponível para colocar o piso da garagem. A desvantagem dessa opção é que a estética não é tão bacana e, com o tempo, manchas podem surgir. A boa notícia é que futuramente você poderá assentar qualquer outro piso por cima, afinal, essa é apenas uma medida provisória.

Piso de pedra

Os pisos de pedra deixam as garagens mais sofisticadas e bonitas, além de serem materiais bem resistentes. A desvantagem é o alto preço do material e da mão de obra para instalação. Entretanto, o custo-benefício costuma compensar, já que esse piso alia beleza, qualidade e funcionalidade.

Piso cerâmico antiderrapante

Esse tipo de piso geralmente é liso, mas existem modelos que são fabricados com ação antiderrapante. Também chamados de “modelos lixinhas”, oferecem boa ação antiderrapante e são recomendados para uso na área externa da casa. Tem um ótimo custo-benefício.

Porcelanatos HD

Madeiras, mármores e demais matérias primas são produtos usados em pisos e fachadas de imóveis. Lindos e elegantes,podem ter o custo um pouco mais alto do que os cerâmicos comuns. Uma novidade bem bacana é a imitação dessas peças. Revestimentos imitam madeiras e pedras, dando uma aparência natural ao ambiente. Outra vantagem é a instalação, que é muito mais rápida, em alguns casos, dentro de dois dias o local já está completamente revestido. A limpeza e manutenção também são bem simples.

Porcelanatos que imitam madeira

O porcelanato imita a aparência de tábuas de madeira, graças a uma impressão digital em Full HD. Ele tem aspecto amadeirado e é bem rústico. Possuem diversos modelos: modelos que simulam filetes de madeira de vários tons, modelos com acabamento mais rústico, etc.

Porcelanatos que imitam pedras

Seguindo o mesmo parâmetro dos porcelanatos que imitam madeiras, esse tipo de piso é inspirado em pedras de diversas tonalidades. Impressos em Full HD, são muito parecidos com o tradicional revestimento mosaico com pedras portuguesas. Além de deixar o ambiente lindo, são muito econômicos. Vale a pena ter!

PEI de pisos

Você sabe o que é o PEI? Usamos para contatar a resistência à abrasão do do piso ou revestimento. Significa o quanto o piso é resistente ao desgaste provocado pelo tráfego de pessoas . São classificados em alguns níveis que vão de PEI 0 a PEI 5 . O ideal para garagens são pisos com PEI4 e PEI5. Quando maior o número, maior é a resistência. Os PEIs 4 e 5 indicam um esmalte muito rígido e pouco desgastante. São indicados para lugares externos, como garagens e quintais.

Facilidade na limpeza

Para garagens que possuem carros (e até para aquelas que não possuem), ter um piso que seja fácil de limpar é imprescindível, já que manchas de óleo, borracha de pneu e lama podem sujar o chão e deixá-lo com um visual feio. Os pisos mais fáceis de limpar são os lisos e escorregadios. Já os antiderrapantes dificultam um pouco mais a limpeza, porém, são os mais indicados para garagens que possuam veículos.

Cuidados com a manutenção do piso para a garagem

Limpar o piso regularmente e aplicar resinas, impermeabilizantes e revestimentos, além de conservar o piso, prolonga sua vida útil. Cada tipo de piso exige uma manutenção especial, ao escolher o modelo, respeite e cumpra com todas as indicações.

Seja grande ou pequena, coberta ou não, com veículos ou sem, a garagem faz parte da estrutura da casa e merece um cuidado especial. Antes de comprar o piso para a sua garagem, priorize bem suas necessidades, assim, evitará frustrações futuras.

Já sabe o modelo de piso para garagem que mais lhe agradou? Compartilhe com a gente e deixe a sua opinião!

 

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria