Precisa economizar no seu orçamento doméstico? 9 ótimas dicas!

2
302

A administração dos gastos de uma casa é muito semelhante à de uma empresa. Para a soma da renda dos moradores, existe a despesa correspondente aos gastos mensais.

Para ajudá-lo a organizar essa conta, vamos mostrar dicas infalíveis que desapertam o orçamento doméstico. Confira!

O primeiro passo é listar os gastos mensais e colocá-los em uma planilha de orçamento doméstico. Assim, ficará fácil verificar quais gastos podem ser diminuídos com medidas de economia.

A seguir, veja como organizar alguns dos principais gastos mensais da sua casa.

1. Evite desperdícios de água e luz

Embora conhecidos como contas fixas, os serviços de água e luz podem sofrer oscilações mensais de valor. Um exemplo disso é o hábito de demorar no banho, que afeta negativamente ambos os gastos, água e energia elétrica. Portanto, evite desperdiçar com esses serviços para não desperdiçar dinheiro também.

2. Ponha a moradia na ponta do lápis

Lembre-se de usar apenas 1/3 da renda para gastos com moradia. Dessa forma, evite morar em um local que não condiz com o seu orçamento. Afinal, você não quer que a “casa dos sonhos” se transforme em “moradia do pesadelo”, não é? Ainda, mantenha sempre uma reserva para usar em imprevistos, como manutenções e reformas.

3. No mercado, compre apenas o necessário

Vá ao mercado com uma lista e não compre itens dispensáveis. Leia o folheto de ofertas, mas só as compre se estiver realmente precisando. Outra dica: não faça compras com fome, pois os alimentos parecerão mais apetitosos. Procure também não levar as crianças ao mercado: assim, você evita gastos com guloseimas.

4. Contrate pacotes acessíveis de telefone, internet e TV

Não é por acaso que os três itens estão agrupados. Atualmente, fazer pacotes que incluem esse trio de serviços costuma proporcionar comodidade e economia. Mas para escolher um plano realmente econômico, leve em conta os canais que você mais gosta e o seu consumo real de internet.

5. Faça uma reserva para gastos de saúde

O ideal é contratar um plano de saúde, mas, isso não sendo possível, deixe uma reserva para os gastos com serviços públicos, transporte e remédios. O jargão “imprevistos que sempre acontecem” ilustra a importância de poupar uma quantia para cuidar da saúde.

6. Frequente instituições de ensino em sua região

Procure escolas e faculdades próximas à sua residência para economizar com transporte e alimentação. Na hora de calcular, o essencial é que a soma mensalidade escolar + transporte + alimentação caiba no seu orçamento.

7. Economize, mas não deixe de se divertir

Divertir-se é importante, inclusive para sentir mais disposição para gerar receita. Entre os gastos desse tipo, inclua atividades fora e dentro de casa. Anote os custos de cinema, teatro e restaurante, mas também os gastos com a pizza do final de semana e com os filmes que alugar pela TV por assinatura.

Dica: não deixe de se divertir, mesmo que a grana fique curta, pois isso é muito importante para o seu bem-estar. Para economizar, faça trocas: vá ao cinema nos dias promocionais ou peça um delivery mais barato.

8. Não compre roupas impulsivamente

Vestir-se é um gasto essencial, então, não compre por impulso e, se possível, pague à vista. Mantenha uma lista para anotar o que você precisa e, ao sair às compras, evite as armadilhas das liquidações, aproveitando-as somente se você for realmente usar as peças.

9. Faça uma poupança

Poupar parece difícil, porém, gerenciando os custos, certamente sobrará dinheiro para poupar. Mas não enxergue a poupança como um dinheiro disponível. Uma dica é deixar separado um valor correspondente aos seus gastos médios por seis meses. Assim, quando a receita ficar comprometida, haverá dinheiro para gastos básicos por meio ano.

Agora que você já aprendeu formas de economizar no orçamento doméstico, que tal dividir essas dicas com a toda a sua família nas redes sociais?

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria

Comments are closed.