Pisos, tintas e revestimentos para quem tem animais de estimação

0
333

Parte da família, eles enchem a casa de amor, diversão e alegria. E também de pelos e de um pouco mais de bagunça e sujeira. Sim, estamos falando dos pets.

Mas isso não quer dizer que os animais de estimação precisem ser sinônimos de muito trabalho. Além de amor e carinho, alguns cuidados na hora de escolher os materiais da sua casa podem ajudar, eles e você, a terem uma rotina muito mais fácil e confortável,

Veja dicas de pisos, tintas e revestimentos para quem tem animais de estimação.


Piso

 

Cuidado, o piso pode ser um grande vilão para o seu animal de estimação. Caso ele seja liso e escorregadio, o esforço para o seu bichinho se manter firme e equilibrado pode ser grande, acarretando inclusive problemas nas articulações. O piso ideal, portanto, são aqueles mais rústicos ou antiderrapantes.

Uma das melhores opções é a cerâmica, que possui durabilidade, é difícil de arranhar, fácil de limpar, além de manter o ambiente mais fresco, característica ótima para os nossos amigos peludos se refrescarem.

Por ter pouca ou quase nenhuma absorção, os porcelanatos sem brilho ou com texturas também são indicados para quem tem animais. Na instalação deixe espaçamentos mínimos no rejunte, evitando manchas e umidade e de quebra dando amplitude aos espaços.

Os pisos vinílicos, principalmente os mais rústicos, com acabamento de capa de pvc, também têm absorção praticamente nula, não tendo risco de manchar com aquele xixi no lugar errado. Além disso, são resistentes às unhas do seu gato ou cachorro, laváveis e também oferecem conforto térmico.

Agora, quer facilidade de limpeza e um ótimo custo-benefício? Que tal inovar a sua decoração com um piso de cimento queimado? Além de muito prático para quem tem animais de estimação, o concreto aparente está em alta no mundo da decoração.

E que tipo de piso não usar?  O piso de madeira não precisa necessariamente ser uma opção descartada, mas pode ser arranhado com facilidade. Já materiais porosos como o mármore ou pedras naturais não são indicados – a saliva e a urina dos animais pode manchá-los.

Ah, e esqueça os carpetes! Eles acumulam odores, mancham e atraem pelos com facilidade. Não quer abrir mão de pelo menos um tapete? Escolha modelos que sejam de materiais impermeabilizados, fáceis de lavar, e prefira os feitos com fibras resistentes e difíceis de rasgar. O de sisal, por exemplo, pode ser uma boa escolha.

Tintas e revestimentos

Não é só o piso que exige atenção quando se tem um animal de estimação. Imagine só você chegar do passeio no parque com o seu cãozinho e ele deixar as patinhas cheias de terra na parede, bem naquele papel caríssimo ou na pintura novinha… melhor evitar situações como essas, não?

Seja tinta, seja revestimento, portanto, a sua parede deve ser de limpeza fácil. No caso das tintas, opte pelas de acabamento acetinado ou semibrilhante, que são mais fáceis de limpar.

E, claro, escolha as tintas laváveis, que possuem uma fórmula mais resistente aos danos causados por certos resíduos. Assim, qualquer tipo de sujeira pode ser removida da superfície sem danos à pintura.

Alguma outra dica pra quem tem um animal de estimação em casa? Compartilhe com a gente!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria