Pintura de casa: qual a cor ideal para cada ambiente?

2
1924

A influência que as cores têm sobre o nosso humor e bem-estar é inegável. Algumas cores estimulam o apetite, outras passam a sensação de calma e tranquilidade. São exatamente essas características que devem ser levadas em consideração na hora de mudar o visual da sua casa através da pintura, e por isso é tão importante pensar com calma antes de escolher as tonalidades que serão usadas.

Não importa a forma como você vai fazer isso, se pintando ou instalando papéis de parede; o que vale é escolher a cor ideal para cada ambiente. Quer aprender a escolher o tom certo e como não errar na pintura de casa? Confira o post de hoje!

1. Áreas externas: tons terrosos e pastéis

As pessoas ficam preocupadas apenas com a relação das cores nos interiores dos ambientes, mas o fato é que a escolha da tonalidade certa para as áreas externas também é importante. Afinal, a fachada da sua casa é o seu principal cartão de visita.

Para manter a área externa sempre bem cuidada e com aspecto bonito, invista em tons terrosos e pastéis. Por serem neutras, elas não ficam enjoativas depois de um certo tempo e também garantem leveza e facilidade na hora de combinar outros elementos. Além disso, são tonalidades que demandam bem menos manutenção.

2. Quarto de casal: azul-claro

É claro que essa área da casa depende de um gosto bastante pessoal. Mas como o quarto de casal é um espaço que remete ao descanso e ao relaxamento, o ideal é optar por cores que garantam essa sensação.

O uso de tons neutros é sempre uma forma de não errar, mas para não atrapalhar na energia local, que deve ser bem equilibrada e tranquila, o ideal é o azul, em suas tonalidades mais claras. É uma cor refrescante, que passa uma sensação de bem-estar incrível.

Nesse caso, você pode dispor de tintas ou papéis de parede, além de dosar a quantidade, colocando a tonalidade em todas as paredes ou apenas em uma, deixando os tons neutros para as outras.

3. Quarto infantil: azul e amarelo

O quarto infantil, tradicionalmente, leva a cor rosa para meninas e o azul para meninos. No entanto, essa é uma ideia de decoração ultrapassada. Os quartos infantis hoje deixam de lado essa regra e investem em cores diferentes que fogem da questão de gênero.

A ideia é criar uma atmosfera de movimento, criatividade e diversão, sem esquecer de manter uma certa ordem para os momentos de descanso da criança. O azul e o amarelo formam uma combinação perfeita de cor para isso, já que, como dissemos, o azul passa a tranquilidade suave e o amarelo desperta a imaginação e a disposição dos pequenos.

4. Salas de estar: vermelho e outras cores escuras

No caso das salas, você pode optar tanto por um cômodo claro quanto escuro. Essa escolha vai depender do espaço e do comprimento das paredes. Mas o que faz o ambiente ficar mais aconchegante são as tonalidades mais escuras, como o vermelho, o marrom e até mesmo o preto.

O tom avermelhado, principalmente, garante um ambiente mais convidativo e caloroso. Só é importante saber equilibrar essas cores mais escuras. Elas devem ser usadas com cuidado, mescladas com outras cores mais claras, como o branco, o bege e o cinza, ou outros tons nessas paletas.

5. Escritórios e home office: laranja e amarelo

Os escritórios e home offices da casa são extremamente funcionais. Portanto, na hora da pintura de casa, pense estrategicamente em cores que estimulem a sua produtividade. O laranja, nesse caso, é uma cor muito indicada, já que está ligada à comunicação, criatividade e também movimentação.

O amarelo também é uma ótima escolha nesse caso, já que ajuda na concentração. Uma dica interessante é escolher uma parede para receber essas cores diferentes. Dessa maneira, você garante espaço para que a cor exerça sua função de evocar as sensações necessárias para a produtividade no seu trabalho ou nos estudos.

Só é importante ressaltar que, quanto mais claro e iluminado o ambiente, melhor. Utilize as cores que instigam produção de maneira dosada, para não carregar demais o espaço e causar efeito contrário, dando sensações de cansaço e também provocando a distração.

6. Cozinhas: branco com detalhes em outra cor

A cozinha é o lugar mais movimentado da casa e deve ser o ambiente mais higiênico. Para isso, nada melhor do que a escolha do branco para a pintura. Mas, para que não fique com aquela sensação de impessoalidade, vale investir em detalhes de outras cores.

Esse é um espaço ideal, inclusive, para brincar com as cores e também com texturas. Um ambiente bem claro com um adesivo de ladrilho hidráulico sobre a pia, por exemplo, dá um ar totalmente diferente e personalizado à cozinha.

7. Banheiros: tons claros e verde

Outra tonalidade de cor que dá sensação de limpeza e frescor é o verde. Ele é bastante indicado para banheiros, justamente por esse motivo, e também por ajudar a neutralizar as energias do ambiente.

Os modelos contemporâneos de banheiro buscam justamente esse ar leve e de natureza, com elementos como madeira, plantas e pedras, que lembram bastante os ambientes de spas.

Nada te impede de usar tons mais escuros, mas, com certeza, a neutralidade do verde-claro e do branco fazem toda a diferença. Para dar mais pessoalidade à decoração, você pode investir em pastilhas decorativas, por exemplo.

Escolha a melhor tinta ou revestimento na pintura de casa

O que também faz toda a diferença, além da cor, é a escolha do material usado para a pintura de casa. Acontece que cada ambiente depende de um tipo diferente de tinta. As partes internas, por exemplo, pedem as foscas, que facilitam a limpeza e garantem durabilidade. Já para as partes externas, cozinhas e banheiros, o ideal são tintas acrílicas, resistentes à água.

Na hora de escolher a cor ideal para cada ambiente, pense também na diversidade de produtos, na qualidade de cada um deles e no resultado final da pintura de casa. Seja qual for sua escolha, pense bastante antes de tomar qualquer decisão para não perder tempo, nem dinheiro!

Agora que você já sabe tudo sobre quais as melhores cores para cada ambiente da sua casa, que tal se aprofundar um pouco mais e já começar a pensar na decoração? Aprenda 5 dicas de decoração para fazer sua casa parecer maior!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria

2 COMENTÁRIOS

Comments are closed.