Tem pet em casa? Conheça 5 medidas de proteção doméstica

1
1833

Quem tem pets em casa, sabe que todo cuidado é pouco! Esses bichinhos são como crianças, e qualquer descuido pode comprometer a segurança deles. Diante disso, listamos algumas medidas de proteção para garantir o bem-estar do seu fiel companheiro dentro da sua casa ou apartamento. Ficou curioso? Então continue lendo o nosso artigo!

1. Na sala

Nessa parte da casa, você deve ter muito cuidado para que o seu animal de estimação não se machuque. Para tanto, evite colocar enfeites e pesos de porta. Quando o fizer, seja criterioso na escolha dos artigos, pois os pets podem se intoxicar ao entrar em contato com determinados materiais. Além disso, não coloque bibelôs e peças de vidro em locais muito baixos, pois os bichinhos podem derrubá-los, quebrá-los e acabarem se machucando com os cacos. Por fim, retire as miudezas do espaço, afinal, gatos e cachorros podem se engasgar com objetos muito pequenos.

2. Na cozinha

Na cozinha também há várias ameaças à saúde e segurança do seu pet. Sendo assim, guarde todos os objetos cortantes e os talheres em seus devidos lugares, de preferência em gavetas inacessíveis a eles. Além disso, jogue os restos de alimento em lixeiras e as mantenha sempre afastadas e  tampadas. Por fim, deixe os armários e portas fechados para impedir que os animais entrem e fiquem presos durante muito tempo.

3. Nos quartos

Os animais costumam gostar de brincar com meias mas, se eles ingerirem qualquer pedaço de tecido, podem acabar com o intestino obstruído, o que é muito perigoso. Diante disso, é importante deixar meias, peças íntimas e até calçados fora do alcance do seu bichinho. No quarto das crianças, deixe os brinquedos guardados em caixas e baús, especialmente se o brinquedo tiver peças muito pequenas.

4. No quintal, jardim  e varanda

Redobre a atenção em áreas como jardim, quintal e varanda. Assim, evite plantas tóxicas como  azaléia, espada-de-são-jorge e comigo-ninguém-pode. Lembre-se que se o seu animal de estimação entrar em contato com plantas tóxicas, pode ser fatal para ele.

5. No banheiro

No banheiro, a tampa do vaso deve estar sempre fechada para que o bichinho não corra o risco de cair dentro dele. Além disso, não permita que o animal coma sabonetes, rolo de papel higiênico, xampus, saco de lixo, etc. Para finalizar, coloque no alto tesouras, lâmina de barbear e outros objetos cortantes. Manter a porta do cômodo fechada também ajuda!

Dicas extras

  • Coloque telas de proteção nas sacadas e janelas;

  • Proteja os fios que ficam próximos do chão para evitar que os bichinhos brinquem e tomem choque;

  • Não deixe linhas e novelos de lã ao alcance dos animais, pois gatos e cachorros podem se enforcar ao tentar brincar com esses objetos;

  • Seja cauteloso ao colocar o carro na garagem ou tirá-lo. Sem querer, o bichinho pode ser atropelado e isso é mais comum do que parece, mesmo porque existem gatos e cachorros que gostam de dormir embaixo do carro.

E aí, você gostou das nossas dicas? Já adota algumas medidas para proteger seu pet dentro de casa? Compartilhe conosco as suas opiniões e dicas nos comentários e até a próxima!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria

Comments are closed.