Os pisos mais indicados para áreas externas

0
3019

Decorar a casa vai muito além de escolher as cores, materiais e móveis para os cômodos. Cartão de visitas do imóvel, as áreas externas também requerem atenção, sobretudo na compra do piso.

Sim, os pisos para essas áreas devem ser escolhidos com cuidado; eles devem ser resistentes, já que estarão expostos a intempéries como sol e chuvas; e ter propriedades antiderrapantes, para garantir a segurança dos moradores.

Em dúvida sobre qual material escolher? Veja os pisos mais indicados para as áreas externas.

Pisos Cimentícios

São fabricados com concreto de alto desempenho, possuindo boa resistência e durabilidade, o que os tornam ideais para as áreas de lazer. Possuem variedade de padrões e medidas, sendo que os modelos antiderrapantes e atérmicos são os mais indicados para áreas externas.

Porcelanato

Verdadeiro coringa entre os tipos de pisos, o porcelanato não é apenas o queridinho para o revestimento dos cômodos da casa – ele também está presente e pode ser utilizado sem receio nas áreas externas, até mesmo no piso da garagem.

Além de estar disponível em uma enorme gama de cores e modelos – inclusive que imitam outros materiais, como mármore e madeira – o porcelanato não absorve água, desde que o local conte com pontos de escoamento, como ralos. Na hora de escolher o porcelanato para a área externa, opte por peças com acabamento natural ou rústico, para que o chão não fique escorregadio em contato com a água.

Cerâmica

É um tipo de piso muito utilizado nas áreas externas, e também pode ser encontrado em diversos modelos e cores. No entanto, na hora de escolher a cerâmica para fora da casa é preciso se atentar ao PEI (medida de resistência à abrasão), que varia de 0 a 5. Quanto maior o PEI, mais a peça é resistente às intempéries do tempo. É indicada também a escolha de uma cerâmica antiderrapante, que não seja escorregadia.

Fulget

Também conhecido como granilite rústica, trata-se de uma massa de cimento misturada com pequenos pedaços de outras pedras, como mármores, granitos, quartzos, entre outras.

Essa mistura resulta em um revestimento resistente, fácil de limpar e antiderrapante. A desvantagem deste tipo de revestimento, no entanto, é possuir um acabamento bastante áspero, não sendo indicado, portanto, para áreas onde se anda descalço, como piscinas.

Madeira

Os decks de madeira deixam a área externa com um toque rústico e aconchegante, além de remeter ao clima praiano. O material tem como vantagem não impermeabilizar o solo, já que não exige contrapiso, mas vale lembrar que o ideal é investir em madeira de reflorestamento (sustentável) tratada.

Ao contrário do que muitos pensam, a madeira é sim resistente, quando cuidada adequadamente.

Pedras

As pedras naturais podem ser encontradas em uma grande variedade de cores e texturas, o que é um ótimo ponto para a criação de áreas bonitas e elegantes. Na hora de escolher o material para a área externa, prefira as que apresentam textura áspera ou rugosa, antiderrapantes.

Entre as pedras mais utilizadas em áreas externas estão o mármore levigado, a Pirenópolis, São Tomé, Mineira, entre outras.

 

Agora que conhece os tipos de piso mais indicados para a área externa, que tal deixar a entrada da sua casa muito mais bonita e convidativa? Visite a Casa Show!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria