Liquidificador de vidro ou de plástico? Qual a melhor opção?

0
2957

Com um mercado super variado em modelos de eletrodomésticos, pode ser um desafio escolher o melhor para você. Alguns anos atrás, o vidro foi o material preferido de liquidificador para a maioria das pessoas.

Mas como é um material pesado e também mais fácil de quebrar, os de plástico ganharam espaço. Fato é que existem algumas diferenças significativas entre vidro e plástico e este post mostrará as principais, de forma a facilitar a sua escolha pelo liquidificador.

Quando o assunto é liquidificador, além de todas as funcionalidades observadas, uma dúvida comum está na hora de decidir o melhor: de vidro ou plástico? Saiba qual é a opção mais sensata no nosso artigo do dia!

Liquidificador de vidro

Uma vantagem interessante dos frascos de vidros é a possibilidade de ser ver com mais clareza o que está sendo misturado. Porém, por ser mais pesado, dificulta o manuseio constante.

São mais indicados para bater alimentos e bebidas mais duras e resistentes. Além disso, os recipientes de vidro são mais favoráveis ao meio ambiente, pois têm uma reciclabilidade maior frente ao plástico. Apesar de tantas vantagens, algumas desvantagens precisam ser consideradas: eles são mais pesados, eles vão quebrar se cair e, geralmente, liquidificadores de vidro são mais caros do que aqueles que utilizam frascos de plástico.

Liquidificador de plástico

Os liquidificadores de plástico possuem uma resistência interessante, são mais seguros no caso de quedas, pois não quebram com tanta facilidade, preservam os sabores dos alimentos e, geralmente, custam mais barato do que os de vidro. Porém, assim como os concorrentes, algumas desvantagens precisam ser consideradas.

Eles podem ser riscados facilmente, é preciso prestar atenção para os modelos sem BPA, a fim de proteger a sua saúde, e eles podem absorver odores de alimentos que processaram, especialmente se você os deixar no liquidificador por um tempo. Exemplo: você faz um molho picante de alho, o recipiente ficará com aquele gosto e cheiro por um bom tempo.

Comparação direta

Preço, qualidade e durabilidade

Geralmente, um liquidificador de vidro custa mais do que os modelos de plástico. Na verdade, a maioria dos aparelhos mais modernos é de vidro, enquanto aqueles com bicos de distribuição são principalmente de plástico.

O vidro tem vários benefícios — não descolorem e não absorver odores de comida como um frasco de plástico. Quando o liquidificador é usado para triturar gelo, um frasco plástico pode rapidamente ficar riscado. Os frascos de vidro tendem a ser mais duráveis que os de plástico.

Peso

Um liquidificador de vidro é mais pesado, o que pode ser uma consideração importante para as pessoas com problemas nas mãos ou os idosos. Mas eles também são mais propensos à ruptura em caso de queda.

Em conclusão, a decisão de escolher um liquidificador de vidro ou de plástico é, basicamente, uma questão de estilo e de preferência pessoal, levando em consideração as suas necessidades. Uma dica interessante é ter dois aparelhos em casa, um de vidro e outro de plástico, assim você tirará o melhor da funcionalidade de cada modelo.

Você pode deixar um para líquidos e outro para pastas, por exemplo. Compartilhe nos comentários suas preferências com relação a este assunto e assine nossa newsletter para ficar por dentro dos nossos posts.

Como cuidar dos seus eletrodomésticos e mantê-los mais duráveis? Descubra no nosso artigo sobre o assunto!

 

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria