Como fazer a limpeza e a manutenção da sua lareira

0
1237

Nesse friozinho, que está prestes a se intensificar nos próximos meses, quem tem lareira em casa certamente só deve se preocupar com a sopinha e o chocolate quente, certo? Errado! Ter lareira em casa realmente deixa o ambiente aquecido e aconchegante, mas não dá para descuidar de sua higienização e manutenção, ok? Quer saber como manter as lareiras limpas e bem cuidadas? Então confira agora  mesmo nossas dicas:

Limpe bem duas vezes ao ano

Segundo especialistas, a limpeza de lareiras deve ser feita duas vezes por ano. Para tanto, a chama do piloto precisa estar desligada e totalmente fria. A higienização em si é relativamente simples: basta usar uma escovinha para limpar o queimador e o compartimento de controle. Já as toras devem ser limpas cuidadosamente com um pincel, para evitar que quebrem. Por fim, use um aspirador de pó para eliminar as cinzas. Vale salientar que as estruturas de ferro, alvenaria ou latão devem ser limpas somente com um paninho úmido, já que produtos químicos podem provocar a corrosão da lareira.

Remova as cinzas após cada uso

Depois de cada uso, retire as cinzas provenientes da queima do carvão. Normalmente, para a realização dessa tarefa, é necessário utilizar um conjunto de limpeza que vem com a própria lareira. Esse conjunto inclui vassourinha, pinça e pá. Para evitar queimaduras, as brasas devem estar apagadas e a lareira, totalmente fria.

Tome cuidado com os vidros e metais

Se sua lareira tem algum tipo de estrutura de vidro, remova-o e use um produto específico, que pode ser um limpa-vidros comum, para higienizá-lo. Lembre-se também de limpar os metais do acabamento do vidro, utilizando para isso um pano levemente úmido. Jamais use produtos corrosivos, pois eles podem danificar os detalhes metálicos.

Preste atenção aos detalhes

Analise o sistema de exaustão e procure identificar se existem buracos, rachaduras ou marcas de ferrugem. Se esses danos estiverem presentes, tire o exaustor e o substitua por um novo antes de voltar a utilizar a lareira. Esse cuidado garante não só seu bom funcionamento, como também diminui o risco de acidentes domésticos. No caso de lareiras a gás, avalie se os bicos que produzem as chamas estão entupidos ou se existe algum tipo de vazamento, por menor que seja. Quanto às lareiras elétricas, a limpeza não é necessária, mas sempre é preciso ficar de olho no próprio sistema elétrico.

Recorra a um profissional

Embora a maioria dos cuidados de manutenção possa ser realizada por você, sem o auxílio de especialistas, pelo menos uma vez por ano é indispensável que um profissional inspecione a lareira, a fim de identificar eventuais problemas. Também existem empresas que prestam serviços de higienização completa da lareira, incluindo dos dutos.

Adote esses cuidados na manutenção da sua lareira e prolongue sua vida útil, garantindo o aconchego por muito mais tempo! Vale ressaltar que as medidas relacionadas aqui também são essenciais para manter a segurança da sua residência, viu? Então nada de relaxar!

Agora comente aqui e nos conte como normalmente fazia a limpeza de sua lareira! Já conseguiu identificar algum erro no seu processo? Compartilhe suas experiências conosco!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria