Kit para pintar paredes: 5 materiais que não podem faltar

0
7353

Foi-se o tempo em que para reformar e mudar o visual da casa era necessário gastar uma grande quantia de dinheiro e investir em mão de obra especializada. Com equipamentos e instruções ao alcance de todos, mudar as cores das paredes virou somente uma questão de desejo.

Para um trabalho bem feito é preciso ter cuidado na utilização dos instrumentos e estar atento aos procedimentos corretos. Algumas lojas oferecem kits para pintar paredes que trazem todos os equipamentos necessários para uma pintura impecável. Quer saber quais são algumas das ferramentas que fazem parte destes kits?

1. Lixa para paredes

Para ter uma superfície uniforme e lisa, é preciso dar um polimento na parede antes de iniciar a pintura. O lixamento causa o desbaste das camadas de tintas velhas, eliminando o material e deixando a parede livre de ondulações e marcas causadas por outras ferramentas.

Quanto maior o número, mais fina a lixa. Para a parede é indicada a de número 150. Após o uso, a lixa deve ser descartada.

2. Rolo de pintura

Item básico, o rolo de pintura é o protagonista do kit para pintar parede. Existem diversos modelos disponíveis no mercado, cada um adequado ao tipo de tinta que será usado.

Quando a tinta é à base de água, o rolo de lã deve ser utilizado. Ele pode ser feito de fibra natural, sintética ou mista. Para tintas com solventes, a espuma de poliéster é indicada, por sofrer menos abrasão. Para grandes alturas, os rolos com pelos altos garantem melhor rendimento.

Os rolos podem ser utilizados mais de uma vez, desde que sejam limpos e guardados com cuidado.

3. Misturador de tinta

Esqueça o cabo de vassoura – item comumente visto em obras para misturar a tinta; existe um objeto próprio para isso, o misturador, que contribui de modo mais efetivo para homogeneizar a tinta. Esse objeto deve estar limpo e sem resíduos de outros materiais.

Ao final do uso, limpe o misturador com água corrente ou com solvente, dependendo da base da tinta. Guarde o misturador já limpo e seco.

4. Trincha

Para cômodos que possuem muitos detalhes, como juntas, esquadrias e recortes, é preciso usar uma trincha para um bom acabamento.

As trinchas de cerdas escuras são ideais para tintas à base de solvente. Já as tintas à base de água são bem aproveitadas com as trinchas de cerdas grisalhas.

5. Bandeja de tinta

A bandeja é o acessório ideal para a pintura, pois possui bojo para diluir a tinta e um lugar de descanso para o rolo. Após o uso, deve ser lavada imediatamente para retirar todos os resíduos. Quanto mais fresca, mais fácil será a remoção da tinta.

Alguns cuidados necessários antes de iniciar a pintura

Antes de realizar a pintura, prepare o ambiente com cuidado e atenção. O piso deve ser protegido com folhas de jornal ou lona plástica, não somente nas áreas rentes à parede mas em toda a sua extensão.

O cômodo deve estar vazio, sem os móveis. Caso haja móveis planejados, prepare uma cobertura plástica envolvendo toda a sua superfície.

Para quem não tem intimidade com o pincel, é essencial passar uma fita crepe de larga espessura nos rodapés e no batente das portas, para não borrar. Aposte na ordem correta para aproveitar material.

Com um pouco de cuidado pintar a parede ficará muito mais fácil! A Casa Show oferece kits para pintar paredes, com todos os itens necessários. Entre em contato conosco e veja que a praticidade e o bom preço estão a menos de um clique!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria