Guia Casa Show: como montar um esquema de segurança para casas

0
1360

A violência urbana é uma realidade no Brasil e no mundo e, infelizmente, temos que saber nos adaptar da melhor maneira possível a esta situação. O local em que moramos deve ser um ambiente de descanso, aconchego e tranquilidade – por isso, lançar mão de estratégias para zelar por nossa segurança é atitude indispensável. Afinal, nada melhor que chegar em casa depois de um dia intenso de trabalho e ter uma despreocupada noite de sono.

Neste cenário, existem algumas medidas interessantes e eficientes para manter as residências livres de perigo. Evitando certos erros comuns e seguindo algumas recomendações, é possível montar um esquema de segurança eficaz para proteger sua casa e sua família. Saiba como!

Alarmes e cerca elétrica: bons investimentos

Apesar dos sistemas de alarme não tornarem sua casa à prova de invasão, eles têm o grande efeito de dissuadir os assaltantes, já que estes optarão, preferencialmente, por casas que não possuam um sistema de segurança. Para aumentar a chance de dispersão dos criminosos, uma dica que funciona é deixar claro que você tem um alarme instalado. Coloque nas portas e portões da fachada adesivos ou placas com o nome da empresa responsável pelo dispositivo, elegendo um local de destaque. Vale também apostar em placas com o aviso “cão bravo”, que podem auxiliar na estratégia de dissuasão dos assaltantes.

A cerca elétrica também é uma forma eficiente de segurança: é importante ela seja instalada não somente na fachada da casa, mas também nos muros ao redor. Os sistemas de cercas elétricas também possuem alarmes, mas é importante não esquecer de ativá-los. Na correria do dia a dia, muita gente deixa de acionar o dispositivo.

Dê atenção redobrada às portas e janelas

É normalmente através do acesso de portas e janelas que os criminosos podem entrar em sua casa. Pensar em maneiras de reforçá-las, deste modo, é uma medida de segurança pertinente a ser considerada. Para as janelas, é interessante investir em boas trancas internas e, de preferência, em um modelo de vidro bastante resistente, de difícil danificação. Se suas janelas ainda não possuem grades e apresentam exposição à rua, é fundamental instalá-las. A grade é uma medida de segurança indicada não somente para casas, mas para qualquer tipo de residência.

A recomendação para as portas segue o mesmo princípio. O material da porta deve ser sólido e pesado, evitando que ela seja facilmente arrombada. Da mesma forma, escolha uma tranca de qualidade, que dificulte o arrombamento.

Não facilite para os invasores

A situação de nos surpreendermos ao chegarmos em casa e não estarmos com a chave é comum. No entanto, não arrisque escondendo a chave reserva da residência em um local óbvio. O tapete em frente a porta, a caixa de correspondência, o gnomo do jardim: todos estes locais podem não parecer óbvios para você, porém são extremamente convenientes para que um assaltante procure e, inevitavelmente, encontre..

Certamente, não há um local 100% seguro para deixar a chave reserva em casa. Prefira deixar uma cópia na casa de algum vizinho de confiança, na residência de um parente ou até mesmo no trabalho, caso seja próximo ao seu endereço.

Investir na iluminação é uma boa tática

A primeira coisa que um assaltante analisa ao escolher uma casa como alvo é a chance que ele tem de ser pego. Apesar de muitos assaltos ocorrerem durante o dia, a escuridão ainda é um dos principais focos para invasores.

Os vândalos normalmente dão preferência para assaltar casas em que não há ninguém, já que o fato facilita a invasão. No período da noite, deixe as luzes sempre acesas, principalmente quando for sair. Assim, você dá a entender que há pessoas em casa. Mantenha a fachada sempre bem iluminada, e deixe acesas até mesmo as lâmpadas do jardim.

Porém, tenha cautela quando for viajar: deixar as luzes permanentemente acesas não é um bom método. Uma casa iluminada no período da manhã é uma dica para os assaltantes, sinalizando que não há ninguém. Avise aos vizinhos quando estiver fora para que, se identificarem algum movimento suspeito, comuniquem à polícia.

Lembre-se que quanto maior o volume de medidas de segurança adotadas em sua casa, maior será a tranquilidade e a qualidade de vida para você e para sua família. E aí, quais outros métodos você utiliza para garantir a segurança em seu lar? Compartilhe conosco nos comentários!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria