Forno elétrico ou micro-ondas? Qual a melhor opção?

    1
    5998
    Empty open oven

    Using microwave oven

    Seja por hobby, porque decidiu economizar um dinheirinho e passar a comer mais em casa ou até mesmo inspirado pelo programa sensação do momento, o MasterChef, a maioria das pessoas que vão à cozinha botar a mão na massa regularmente, algum dia, já se depararam com uma questão: forno elétrico ou micro-ondas? Afinal, eles cumprem exatamente as mesmas funções? Qual gasta menos energia? Enfim, por que devo optar por um em detrimento do outro?

    Já podemos adiantar que não existe uma resposta única e verdadeira para esta questão e que a melhor saída dependerá sempre dos hábitos de quem está cozinhando, sendo, em alguns casos, melhor optar por um ou outro, e, em outros casos, o melhor cenário é poder contar com os dois.

    Confira abaixo os pontos fortes e fracos de cada um e solucione essa dúvida de uma vez por todas!

    Forno elétrico

    Funcionando através da conversão de energia elétrica em energia térmica por parte de uma ou mais resistências, trata-se de uma opção de preparo mais convencional do que o micro-ondas em comparação ao forno comum. Por este motivo, ele é mais indicado para receitas que precisam gratinar, dourar, assar ou serem um pouco mais elaboradas como o preparo de carnes, massas, tortas ou bolos, por exemplo.

    Além disso, suas principais vantagens são a possibilidade de ajustar a temperatura de preparo com maior precisão, desligamento automático do aparelho após o preparo, capacidade de esquentar o alimento uniformemente e evitar que algumas partes fiquem quentes e outras frias e, também, a opção entre diversos tamanhos e modelos capazes de se adequar ao espaço de sua cozinha.

    Por fim, as desvantagens do forno elétrico são a maior necessidade de consumo de energia e o fato de que, devido ao seu aquecimento, pouquíssimos modelos conseguem operar em uma voltagem diferente a 220v.

    Empty open oven

    Micro-ondas

    Funciona através da emissão de ondas eletromagnéticas que agitam as moléculas de água dos alimentos, gerando o calor necessário para cozinhar ou apenas esquentar algo que fora previamente preparado. É exatamente este modo singular de preparo que origina, ao mesmo tempo, as principais vantagens e desvantagens do aparelho.

    Quando o assunto é a velocidade de preparo, o micro-ondas é imbatível,sendo uma verdadeira mão na roda para quem vive na correria. Além disso, outras de suas vantagens são o fato de que alguns aparelhos contam com funções pré-programadas para determinados tipos de alimentos, como massas, brigadeiro ou pipoca, por exemplo, fazendo com que não seja necessário preocupar-se com o tempo de preparo e com baixo consumo de energia.

    Por outro lado, o micro-ondas possui algumas desvantagens, como, por exemplo, uma pequena, porém, eventualmente notável dificuldade em esquentar o alimento de maneira uniforme, fazendo com que algumas partes fiquem extremamente quentes ao passo que outras permanecem frias. Outras desvantagens são a impossibilidade de levar alguns tipos de materiais ao forno, como metais ou alumínio, e o fato de que, por ressecar um pouco mais os alimentos, este aparelho seja mais indicado para preparar comidas congeladas ou para aquecer alimentos já prontos.

    Você possui algum destes em sua casa? Deixe seu comentário e compartilhe conosco os prós e os contras!

    Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria

    Comments are closed.