Vai ter um filho? Saiba como adaptar sua casa para a chegada do pequeno

0
1434

Uma das fases mais especiais da vida de um casal é a espera do bebê. Sem dúvida nenhuma, os filhos alegram a casa e completam a felicidade familiar, mas a chegada do pequeno muda completamente a rotina dos pais. É preciso investir tempo e dinheiro para receber o bebê, afinal, a casa precisa passar por adaptações para acomodar o novo morador com conforto e segurança.

O processo de mudança envolve novas medidas de segurança no lar, além de investimentos em pintura, decoração e às vezes até construção. Confira nossas dicas para adaptar sua casa à chegada do novo integrante!

Segurança em primeiro lugar

Algumas adaptações devem ser feitas na residência antes mesmo que o bebê nasça. Ainda que as crianças de colo não estejam sujeitas a muitos riscos potenciais, é preciso focar na segurança – mesmo porque elas crescem rápido. Com o nascimento da criança, o tempo dos pais também fica reduzido para fazer grandes intervenções nos ambientes.

Faça uma avaliação minuciosa em todos os cômodos e afaste os perigos cotidianos.  Veja algumas medidas importantes:

  • Nos quartos e salas, os móveis nunca devem ficar próximos às janelas, afinal, crianças aprendem a desbravar os ambientes e escalar os móveis desde cedo;

  • Quando houver escadas, é importante instalar portões/portas no topo e na base;

  • As janelas sempre devem ter telas e grades;

  • Outra dica importante é usar e abusar das cantoneiras e protetores de tomada. No mercado existem opções econômicas e que não comprometem em nada a estética da casa;

  • Fios de eletrodomésticos e persianas precisam ficar escondidos ou ter menos de 15 cm para evitar enforcamentos;

  • Não mantenha plantas ornamentais tóxicas na casa;

  • Não deixe objetos pequenos ou perfuro cortantes ao alcance das crianças;

  • Monte um espaço para os animais domésticos (ainda que bem cuidados e mansos) na área externa da casa. Eles podem abalar a saúde das crianças, causando alergias e outras patologias.

Hora de mobiliar

A mobília do quarto do bebê deve ser bonita e funcional. Vale destacar que os itens básicos são o berço, a cadeira de amamentação, o roupeiro e o trocador de fraldas.  É importante que as peças tenham qualidade e sejam seguras, mas o preço deve se encaixar no orçamento da família também. Este é um requisito indispensável!

Prefira uma cadeira de amamentar bem confortável e seja muito criterioso na escolha do berço. Na hora de comprar este móvel, confira se ele possui o selo do INMETRO. Esta certificação garante que a tinta utilizada no item não é tóxica e atesta que as medidas estão dentro dos padrões de segurança. Quanto ao roupeiro, não é necessário investir em algo grande demais, já que roupas de criança não geram muito volume.

Pintura e Decoração

Em geral, a chegada do bebê traz mudanças também para a decoração da casa. Muitas vezes, o quarto de visitas, escritório ou espaço com objetivo pouco definido da casa dá lugar ao quarto da criança. O cômodo em questão ganha uma cor nova e, aos poucos, o cantinho do pequeno vai tomando forma. As cores  costumam ser definidas após a descoberta do sexo do bebê, mas as tonalidades preferidas são o rosa e lilás para as meninas e o verde ou azul para os meninos. Outras cores que estão super em alta são o amarelo, o marinho, o bege e, por incrível que pareça, o marrom. Para complementar a decoração, pelúcias, potes, nichos, tapetes antialérgicos e móbiles deixam tudo ainda mais lindo. Na hora de montar o quarto, invista em artigos que sejam bonitos, lúdicos e também fáceis de limpar.

Você está à espera de um bebê? Já começou a preparar a casa para receber o seu pequeno? Se tiver mais dicas para a montagem do quarto e a adaptação do lar para o novo integrante da família, não se esqueça de deixar um comentário!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria