Faça você mesmo: que tal renovar seus móveis antigos com pátina?

0
3193

Você gosta de decorações com um ar retrô, romântico e delicado? Então uma boa pedida é usar a técnica de pátina para dar uma nova cara aos seus móveis antigos. A pátina é uma solução perfeita para renovar o ambiente mantendo a pegada vintage proposta por esse método de pintura. Quer aprender a usar a pintura pátina para transformar o mobiliário da sua casa? Então confira nossas dicas e também o passo a passo para aplicar a técnica!

Escolha a peça a ser reformada

A pátina pode ser feita em qualquer superfície de madeira, mas a técnica fica mais bonita em alguns estilos de mobiliário do que outros. Por exemplo, ela fica melhor em móveis com um ar antigo e clássico, incluindo peças coloniais e provençais. Já os móveis com design moderno pedem pinturas uniformes ou verniz.

Que cores usar?

Aprendida a técnica, você pode escolher as cores que preferir para aplicá-la, sempre levando em consideração o restante da sua decoração. Vale destacar que as combinações mais utilizadas são o branco com bege, branco com marrom e branco com preto. Com frequência, tons como rosa e azul também são usados na técnica de pátina, especialmente em móveis de quartos infantis. Vale colocar a criatividade para funcionar!

Como fazer?

A técnica de pátina é mais simples e econômica do que parece. Confira os passos a seguir:

  1. O primeiro passo é lixar a superfície de madeira para que ela receba a pintura em pátina. Se o móvel tiver resíduos de verniz ou tinta, é importante lixá-lo com lixa grossa, até que ele fique bem liso. Lixe sempre no mesmo sentido e se preferir, use uma lixadeira;

  2. Após lixar a superfície, você deve passar uma demão de tinta esmalte no móvel. A tinta deve ser à base de água e o produto deve ser passado com trincha. A cor precisa ser clara, preferencialmente branca ou marfim;

  3. Quando a primeira demão secar, você deve lixar novamente para que o efeito fique desgastado e a textura de pátina seja conquistada. O nível de desgaste dependerá diretamente da força que você fizer e do visual que pretende obter;

  4. Pronto! A pátina básica você já sabe fazer. Quanto mais lixar, mais a madeira original irá aparecer. O efeito final é delicado e rústico ao mesmo tempo.

Dicas extras

  • Para a tinta não descascar com facilidade, use um fundo nivelador. Ele é um produto bem parecido com a famosa tinta látex;

  • Para um efeito uniforme, use  rolinho. Já para obter um visual mais rústico, aposte na trincha;

  • Se você quiser fazer uma pátina mais diferente e elaborada, passe uma demão de tinta esmalte colorida sobre o fundo branco. Depois de seca, aplique mais uma fina camada de branco. Feito isso, espere a secagem e lixe;

  • Caso você goste de móveis mais discretos, opte pela pátina provençal. Se preferir um efeito mais chamativo, aposte na pátina escandinava. Não é uma pintura muito usada no Brasil, mas também é linda.

E aí, gostou do nosso artigo? Vai fazer pátina nos seus móveis? Não esqueça de voltar aqui para nos contar o resultado!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria