Como escolher móveis para ambientes pequenos

0
787

Mobiliar espaços reduzidos pode ser um grande desafio, não é mesmo? Isso porque, nesse caso, faz-se necessário escolher as peças exatas, encaixando tudo quase como em um quebra-cabeças da vida real, para a movimentação no espaço não ser comprometida, ao mesmo tempo em que tudo está ali, à sua disposição. Mas você não sabe nem por onde começar a selecionar a mobília? Então acompanhe aqui nossas 7 valiosas dicas e crie ambientes confortáveis e bem decorados, mesmo que super enxutos. Dê só uma olhadinha!

Vá do maior para o menor

Essa dica vale para espaços de todos os tamanhos, mas é especialmente útil para os menores. Se o cômodo a ser mobiliado for uma sala pequena, por exemplo, comece pelo maior móvel que entrará no ambiente, que pode ser o sofá ou a estante. A partir daí, é só decidir como melhor preencher o espaço que sobrar com o restante da mobília! Lembre-se sempre de que é preciso ter bom senso para não encher demais o ambiente, acabando por entulhar o espaço mais que o necessário.

Prefira móveis retráteis

Mesinhas que se encaixam uma embaixo da outra, sofá e mesa retráteis, bancos empilháveis: todas essas peças fazem muita diferença para quem não dispõe de muito espaço em casa, já que podem ser guardadas em um espaço mínimo e utilizadas em seu formato expandido apenas quando for realmente necessário.

Escolha peças móveis

Se você não tem muito espaço, pode ser interessante investir em um tipo de mobília que possa ser mudada de lugar. Um banquinho pode tanto ser utilizado como assento na cozinha, quanto como apoio para copos durante uma reunião familiar na sala de estar, por exemplo. O mesmo vale para o pufe, que pode servir de descanso para as pernas ou de assento para os convidados e assim por diante.

Invista no design reto

Os móveis com design reto são os mais apropriados para o melhor aproveitamento de espaços pequenos, porque são mais fáceis de se encaixar com os demais, ocupando adequadamente todo o ambiente. É muito mais fácil, por exemplo, combinar prateleiras retas, do que arredondadas, não concorda?

Aposte nas peças suspensas

Por falar em prateleiras, as peças suspensas são uma ótima alternativa para quem não tem muito espaço sobrando. Assim, aposte em nichos ou até mesmo em armários no alto da cozinha, dos quartos e até da sala, deixando a parte baixa livre para a circulação.

Evite preencher todo o espaço

Aproveitar o espaço é, sim, importante, mas é preciso saber até que ponto se deve ir. Preencher todo o ambiente com móveis pode acabar deixando a sensação de que está tudo amontoado, que nada foi realmente pensado para aquele espaço. Exatamente por isso é importante manter alguns cantinhos vazios, o que até dá a sensação de que o local é maior.

Não abuse da decoração vertical

Apesar de prateleiras, nichos e outros elementos posicionados nas paredes serem uma solução interessante para quem tem pouco espaço, não é recomendável adotar a sugestão em todo o ambiente, viu? Algumas paredes limpas, sem nenhum artigo de decoração — a não ser um espelho, que ajuda a dar a sensação de amplitude — garantem um ar mais leve para decoração, arejando o ambiente.

As sugestões que separamos aqui podem facilitar — e muito! — na escolha da mobília certa para os ambientes pequenos, portanto, use-as a seu favor na hora das compras e monte ambientes confortáveis, práticos e muito mais bonitos e agradáveis!

Agora comente aqui e nos conte qual das nossas dicas vai ser mais útil da escolha dos móveis para o seu lar! Ficou ainda alguma dúvida ou tem uma sugestão própria para dar? Compartilhe suas dicas e seus questionamentos conosco! Participe!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria