Como escolher a cor ideal para seu quarto

0
1870

Há dias em que tudo o que se quer após uma longa jornada de trabalho é chegar em casa e se “jogar na cama”. O quarto, realmente, é o local dentro da casa responsável pelo descanso e pela recuperação das energias: por isso precisa ser pensado e planejado para proporcionar o máximo de relaxamento. Mas, diferente do que muita gente pensa, não basta só comprar uma cama confortável e travesseiros macios – saiba que as cores presentes no quarto também cumprem um papel importante neste processo.

Na hora de pintar as paredes do cômodo, é necessário ficar atento para não utilizar cores que causam desconforto e não contribuem para o seu relaxamento. Para que você não erre, preparamos algumas dicas de como escolher a cor ideal para seu quarto. Confira nosso post e dê um palpite certeiro na hora de colorir o ambiente!

Antes de escolher a cor do seu quarto, entenda a sensação que ela transmite

É isto mesmo: antes de tudo, é importante que você entenda como funcionam as cores. A verdade é que cada uma delas é capaz de transmitir sensações e estímulos captados pelos nossos olhos e interpretados pelo cérebro. E sim, estes estímulos podem contribuir para que nosso corpo relaxe e descanse.

As cores consideradas mais frias, como os tons suaves de violeta, azul e verde, por exemplo, são capazes de trazer relaxamento e alívio. Elas ão capazes de remeter à nossa memória visual a lembrança de matas e florestas ou então das águas dos mares e oceanos. O mesmo também vale para cores neutras, como tons de marrom, cinza e bege, que remetem à madeira das árvores.

O branco é a cor preferida dos brasileiros pela sua total neutralidade. Com ele não tem erro: a sensação transmitida é de calma e tranquilidade, além de passar confiança e segurança. Mas é preciso dosar bem a iluminação, já que o branco reflete muito a luz e pode nos deixar despertos. Neste caso, o ideal é escolher lâmpadas de menor potência para deixar o ambiente mais relaxante.

A combinação de cores também é uma boa pedida para potencializar a sensação de aconchego. Você pode pintar uma parede com a cor desejada e usar um tom diferente nas demais. Assim, você quebra a monotonia sem perder a finalidade principal do quarto, que é o descanso.

Cores para deixar de lado

Como você percebeu pelo tópico acima, as cores frias são as ideais para o quarto, pois trazem bem-estar e relaxamento. Os tons quentes, portanto, são os que você deve evitar, já que provocam o efeito contrário ao desejado.

O vermelho, o amarelo e o laranja, por exemplo, trazem estímulos de energia e agitação para o nosso corpo. São cores que caem perfeitamente em cozinhas, salas de TV e espaços de lazer. Afinal, estes locais são espaços de atividade e estes tons são propícios a isso.

No entanto, claro que não existe nenhuma proibição quanto ao uso de cores quentes no quarto. Se você gosta muito de alguma delas e ainda assim não quer deixar o local com uma sensação de agitação, a dica é aproveitá-la nos detalhes como objetos, acabamentos dos móveis ou acessórios. Este é um ótimo jeito de manter por perto a cor preferida sem sobrecarregar o ambiente de repouso.

Hora de colocar a mão na massa, ou melhor, na tinta!

Depois destas dicas, você já tem uma boa base para escolher a cor ideal para seu quarto. Agora, é só colocar as sugestões em prática e montar o ambiente mais gostoso e confortável possível  para recuperar suas energias diariamente, com uma ajudinha das cores para relaxar.

 

E aí, já sabe qual cor vai eleger para o seu espaço? Conte para a gente nos comentários!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria