Escolhendo os tapetes certos para decorar: confira nossas dicas

1
327

Os tapetes estão se tornando itens cada vez mais presentes nas decorações modernas – afinal, eles complementam muito bem o ambiente, dando um toque especial a qualquer espaço. Existem tapetes clássicos, arrojados e irreverentes, aumentando assim o leque de opções. Mas é preciso ter cuidado para não se perder na hora da escolha!

Por mais bonito que seja um tapete, talvez ele não seja o mais recomendado para a decoração do seu cômodo. É importante que ele combine com os outros adornos e móveis e faça a composição de um jeito harmonioso. Quer saber como escolher bem um tapete para seus ambientes? Então confira nosso post especial, aprenda e inspire-se para renovar a sua casa!

Tapetes: quem disse que eles são apenas ornamentais?

Apesar dos tapetes embelezarem os ambientes, eles não se restringem a isso. Tapetes vão além da estética, pois também se configuram como peças bastante funcionais. Estes itens são fáceis de transportar, adaptáveis a diferentes cômodos, podem abafar ruídos (sobretudo nos apartamentos), escondem imperfeições do piso e ainda têm outras funcionalidades. É por essas e outras que eles se transformaram em grandes aliados das decorações.

Tamanho e formas para todos os gostos

Os tapetes podem ser encontrados nas mais diversas formas, estilos e tamanhos. Há tapetes para todos os gostos: lisos, texturizados, neutros, coloridos, retangulares, redondos, etc. Na hora de escolher, o ideal é levar em consideração o conceito utilizado na sua decoração e também as necessidades do espaço. Em ambientes pequenos e mais descontraídos, tapetes redondos ficam incríveis, por exemplo. Já em salas espaçosas e clássicas, tapetes retos são sempre bem-vindos.

Cores, para que te quero?

Os tapetes não precisam ser monótonos, ele podem ter estampas ou cores diferenciadas, desde que dialoguem com o restante da decoração. Além disso, o bom senso nunca é demais: Estampa nas cortinas, nas almofadas e também nos tapetes pode acaba ficando over!

Utilizar várias padronagens de estampa fica ousado, mas é permitido. Neste caso, o ideal é mesclar estampas do mesmo tom. Se você não quiser errar, combine os tapetes coloridos com mobiliário de cor neutra e vice-versa.

Um toque de textura

Talvez você nunca tenha parado para pensar nisso, mas as texturas também são um detalhe muito importante dos tapetes. De acordo com especialistas, os mais fofinhos e altos são perfeitos para os ambientes de descanso, como por exemplo o quarto e a sala. Os mais rústicos, ásperos e simples ficam melhores em áreas que sujam mais, como a cozinha. Neste caso, os capachos caem super bem. Há outro detalhe que não pode ser esquecido: se você tem animais, crianças e pessoas alérgicas em casa,  prefira os antialérgicos e macios.

De olho na manutenção

Os tapetes incrementam (e muito) a decoração, mas é preciso tomar alguns cuidados periódicos para conservá-los bonitos por mais tempo. Neste sentido, faça a limpeza regular, use aspirador e, no caso de manchas, use detergente neutro. Se o tapete demandar uma higienização e manutenção mais profunda, procure uma lavanderia especializada.

E você, que tipo de tapete prefere e quais possui em casa? Sugira dicas de uso nos comentários. Até a próxima!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.