Economia: dicas para evitar o desperdício de material

0
17783

Um dos problemas mais decorrentes das construções e reformas é o desperdício de materiais – prova disto é o enorme volume de entulho que observamos nas construções todos os dias.

A boa notícia é que é possível evitar gastos desnecessários, reduzir os custos da construção e contribuir para o uso sustentável dos materiais adotando medidas simples que evitam o desperdício.

Quer saber mais? Veja dicas para evitar o desperdício de material. O seu bolso agradece!

Planejamento

Não tem como fugir: somente com um planejamento é possível se antecipar e prevenir problemas e imprevistos, além de economizar material e dinheiro. Mesmo que não conte com a ajuda de um arquiteto ou engenheiro, peça  ajuda ao mestre de obras para estabelecer um cronograma, definir o orçamento, assim como a lista de materiais que precisarão ser comprados.

Materiais de qualidade

Lembre-se da expressão usada já nos tempos dos nossos avós: o “barato pode sair caro”. Não adianta se guiar apenas pelo preço ou pela beleza do produto, uma das principais causas de desperdícios se dá justamente com a quebra de pisos, revestimentos e louças na hora do assentamento ou da montagem.

Mão de obra

Contratar mão de obra de qualidade é fundamental não só para que a construção ou reforma ocorra de maneira tranquila e sem dores de cabeça. Um serviço malfeito também pode resultar em consumo excessivo de material, isso quando não precisa ser refeito, o que no final vai pesar ainda mais no seu bolso.

Por isso, pegue indicações com amigos e parentes de confiança, essa é uma boa forma de evitar problemas ou mais imprevistos.

Vergalhões

Quando se faz um pilar, geralmente a armação é criada com vergalhões e as sobras do material quase sempre viram entulho. No lugar de desperdiçar o material e produzir mais sujeira, coloque essas sobras dentro das armações quando for preencher as formas com concreto.

A medida deixa a viga mais forte, além de diminuir os riscos de acidente no canteiro de obras.

Pregos

Os pregos são muito utilizados nas construções e é normal durante a montagem de uma forma de madeira ou no assentamento de portas e janelas que alguns entortem um pouco ou caiam no chão. Peça para um funcionário recolher esses pregos desperdiçados ao longo do dia e desentortar os que tiverem essa possibilidade.

Areia

Quando se está preparando a massa, muitas vezes a areia é deixada em uma área mais afastada, sendo transportada depois em latas ou carrinhos de mão. Como se trata de um material muito fácil de ser derrubado, deixe o monte de areia já perto da área de preparação.

Se ao final do dia algum funcionário varrer, peneirar e devolver a areia desperdiçada ao monte, você também pode ter uma economia significativa.

Massa

Fique de olho no assentamento de tijolos para que eles fiquem no mesmo nível. Paredes mal assentadas exigem mais uso de massa corrida para corrigir na hora do acabamento, o que aumenta o consumo de cimento, onerando mais a sua obra.

Mais dicas

– Evite o vai e vem de materiais;

– Mantenha sacos de cimento e argamassa longe da umidade;

– Prepare apenas a quantidade certa de concreto para uso, já que as sobras não podem ser armazenadas;

– Tire a medida precisa dos ambientes, para o cálculo correto dos materiais.

E aí, gostou das nossas dicas? Economize no material e no bolso: visite a Casa Show e conte com a ajuda de nossos especialistas para escolher os melhores materiais com o melhor custo-benefício!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria