Dicas de iluminação para a cozinha

0
1411

Ao decorar a casa, deve-se levar em consideração as especificidades do ambiente e não apenas as questões estéticas. Não adianta, por exemplo, apostar em um elemento bonito que destoe da proposta do cômodo. É preciso que tudo no espaço dialogue entre si e que, no conjunto, o resultado seja equilibrado, harmonioso, belo e, acima de tudo, funcional.

Nesse sentido, um dos maiores desafios é decorar as cozinhas, pois elas são ambientes “vivos” marcados pela circulação de pessoas e uso dos utensílios. Muitas vezes, é lá que a dona de casa passa horas cozinhando, que o chefe de família se arrisca a virar chef gourmet, que os jovens fazem seus primeiros experimentos gastronômicos e recebem os amigos.

Por essas e outras, a cozinha merece uma atenção especial na hora da decoração, a começar pela iluminação adequada. Se você também acredita nisso, continue lendo o nosso artigo e confira algumas dicas para iluminar o cantinho mais gostoso da casa com muito estilo!

Procure criar um clima agradável

Para começo de conversa, você deve apostar em uma iluminação que deixe o clima bem agradável. Isso mesmo! A iluminação deve favorecer o bem-estar e o conforto visual de quem está no ambiente. Você deve enxergar os alimentos e utensílios com clareza enquanto cozinha, mas não pode se sentir incomodado por uma luz muito forte.

Escolha a iluminação de acordo com o efeito que quer criar

A iluminação da sua cozinha deve ser escolhida de acordo com o visual que você quer criar. Existem inúmeras possibilidades no mercado, e a decisão final deve se basear nos objetivos do seu projeto de décor. Dá para usar uma luz que evidencie alguns detalhes decorativos e arquitetônicos do ambiente, mas também é possível apostar em uma iluminação discreta e clean. Tudo a gosto do freguês!

A iluminação fluorescente não é regra

Durante muito tempo a iluminação fluorescente foi utilizada na decoração de casas e apartamentos, mas isso não é uma regra na cozinha. Hoje em dia, vale apostar em luzes claras e diferentes tipos de lâmpada para criar um efeito mais sofisticado. As lâmpadas de LED, por exemplo, são  econômicas e causam uma sensação térmica mais agradável. Além disso, elas ampliam o efeito de claridade do ambiente.

Pense no efeito decorativo

A iluminação da cozinha não pode ser pensada exclusivamente para os moradores da casa, até porque volta e meia o cômodo se transforma em um ambiente de convívio social para receber os amigos e familiares. Se a sua cozinha for integrada à sala de estar ou jantar, vale a pena investir em uma iluminação indireta, mais elaborada e difusa. Alguns detalhes iluminados no armário também podem funcionar e maximizar o efeito decorativo.

Inove usando luminárias pendentes

As luminárias pendentes estão mais em alta do que nunca, e podem ser colocadas sobre a bancada, na direção da mesa ou no centro da cozinha. Elas direcionam a luz para um ponto focal e são capazes de dar destaque a outro elemento decorativo do espaço. Confira aqui alguns modelos.

 

E aí, gostou das nossas dicas? Vai colocá-las em prática na decoração da sua casa? Compartilhe conosco suas opiniões e lembre-se: não exagere na iluminação para o visual não ficar cansativo!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria