Vai construir ou reformar? Confira 5 aspectos a serem observados na hora de contratar a mão de obra

0
955

Uma das áreas mais importantes de uma construção ou reforma é a mão de obra. Ela costuma representar 50% do custo total do projeto. Além disso, os profissionais contratados são indispensáveis para o bom andamento do cronograma, mesmo porque a qualidade dos serviços, agilidade, número de faltas e atrasos pode afetar diretamente os resultados. Diante desse contexto, é preciso saber escolher os profissionais que trabalharão na execução da sua obra. Confira a seguir os aspectos que devem ser observados:

1. Pesquise a reputação do profissional

Uma das melhores maneiras de contratar profissionais confiáveis e eficientes é a propaganda boca a boca. Receber a indicação de amigos e familiares assegura (pelo menos em parte) que a reputação do profissional é boa. Além disso, vale a pena pesquisar como é a imagem desse trabalhador no mercado, conversando com empregadores anteriores. Quanto mais informações você obtiver, melhor.

2. Avalie o custo-benefício

Preço não é tudo! É importante avaliar o custo-benefício da mão de obra. Pode ser que o profissional mais caro ofereça valor agregado no seu serviço. Talvez ele seja mais ágil e caprichoso, possua técnicas e equipamentos mais modernos, ofereça uma melhor condição de pagamento. Fique atento a todos esses detalhes!

3. Observe o prazo de entrega

Atrasos acontecem, mas eles podem ser evitados se você contratar um profissional pontual e comprometido com o prazo de execução da obra. Nesse sentido, você também deve avaliar se a melhor opção é contratar o profissional por diária ou por empreitada.

4. Priorize a qualidade do serviço

Para evitar dor de cabeça no futuro, contrate profissionais experientes e priorize a qualidade da mão de obra. Veja o portfólio de construções e reformas desse profissional, analise o acabamento dos serviços e mesmo depois de contratar a equipe, monitore o trabalho para assegurar que tudo está ficando como você idealizou e combinou.

5. Formalize o contrato

Obra de reforma ou construção é coisa séria, por isso, tudo que for combinado verbalmente deve ser formalizado em contrato, independentemente de você optar por um profissional autônomo ou por uma empresa. Especifique os detalhes do acordo nas cláusulas contratuais, incluindo a forma de pagamento, prazo de execução, serviços contratados, condições de trabalho, etc. É necessário também que haja informações completas sobre contratante e contratado, a exemplo de endereço, CPF/CNPJ.

Dicas extras:

  • Cuidado com os profissionais do tipo faz tudo (edifica, assenta piso, coloca telhado, pinta, faz o forro de gesso, decora com grafiato, etc). Assegure-se de que o profissional é especialista em cada um dos serviços que ele oferece;

  • Fique atento ao comprometimento do profissional em relação aos horários, especialmente se você estiver pagando por diária;

  • Faça os cálculos exatos sobre a quantidade de materiais. Se eles acabarem no meio do expediente, os profissionais ficarão ociosos;

  • Contratar uma construtora (empreiteira) pode ser uma boa alternativa, mas até nesse caso você deve prestar atenção aos detalhes mencionados acima.

E aí, gostou das nossas dicas? Vai ficar atento a esses detalhes na hora de contratar mão de obra para sua construção ou reforma? Compartilhe suas opiniões e experiências conosco. Até a próxima e continue de olho no nosso blog!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria