Construção parada? Saiba como encontrar o pedreiro ideal para sua obra

0
1616

Um dos grandes desafios trazidos por qualquer reforma ou construção é encontrar mão de obra realmente qualificada, não concorda? Mas atenção: bons pedreiros, compromissados e cuidadosos, existem sim! O problema é que a demanda é tão grande, que os melhores profissionais do mercado estão sempre extremamente ocupados. Diante disso, o que fazer? Melhor adiar — ou até interromper — a obra ou adotar algumas medidas básicas para encontrar um profissional caprichoso e pontual? Pois foi pensando em viabilizar a realização de seus sonhos que preparamos este artigo, a fim de ajudá-lo a contratar o pedreiro ideal para conduzir sua obra. Então confira e ultrapasse essa fase com muito mais facilidade:

Busque referências anteriores

O primeiro passo para contratar um bom pedreiro é buscar referências sobre seus trabalhos prévios. Por isso, converse com amigos, conhecidos e familiares que já conheçam o trabalho do profissional e pergunte se ficaram satisfeitos. Aproveite para verificar se pedreiro é pontual e se desperdiça muito material. Também vale a pena ir a sindicatos da categoria para encontrar um profissional de qualidade, caso não encontre boas referências com os mais próximos.

Visite obras já terminadas

Como o conceito de bom é muito relativo e cada pessoa tem gostos e opiniões distintos, não acredite apenas no que os outros dizem. Vá efetivamente visitar obras recentes concluídas pelo profissional, conferindo por você mesmo a qualidade do trabalho executado pelo pedreiro. Fato é que você vai gastar um tempinho a mais nesse processo, mas é melhor do que se arrepender mais tarde, não acha?

Avalie o currículo prático do profissional

Se o pedreiro não possui um currículo formalizado para mostrar — situação extremamente comum —, pelo menos converse com ele para descobrir onde já trabalhou, quanto tempo de experiência tem e quais são suas referências profissionais. Quanto melhores e mais bem conceituadas forem as construtoras nas quais já se empregou, maiores são as chances de que ele seja um bom pedreiro.

Leve em conta suas especialidades

Lembre-se de que nem todo mundo é bom em tudo! Há profissionais que apresentam um leque enorme de possibilidades de execução de serviços, mas todos de forma grosseira. Nesse caso, talvez seja melhor que você contrate pedreiros diferentes para cada fase da obra, optando por especialistas em trabalhos distintos. Isso aumenta as chances de ter um serviço bem executado por completo, sem falhas graves de finalização em uma área específica.

Tire o foco somente do preço

É óbvio que todos querem economizar na obra, mas o preço não deve falar mais alto do que a qualidade, ok? Normalmente, os bons pedreiros realmente cobram mais caro, exatamente por saberem que desperdiçam menos, realizam o trabalho mais rápido e executam o serviço com excelência. Se o pedreiro for muito bom, mas cobrar uma fortuna, tente negociar a empreitada e chegar a valores justos e viáveis para ambas as partes.

Formalize tudo em um contrato

Os acordos verbais são importantes, mas não são suficientes. Assim, para garantir que o pedreiro assuma o combinado e cumpra os prazos previamente definidos, é importante que haja a formalização por meio de um contrato. No documento devem constar valores, datas, formas de pagamento, cláusulas referentes ao não cumprimento das ações e tudo mais que possa vir a gerar maiores dores de cabeça no futuro.

Alinhe ideias e acompanhe o progresso

Depois de contratar o pedreiro, instrua o profissional sobre quem fará as solicitações da obra — filho, esposa, marido ou arquiteto, por exemplo —, já que uma das principais reclamações desses profissionais é a falta de alinhamento e clareza nos pedidos. E eles estão certos em reclamar! Outro ponto indispensável para conduzir bem qualquer obra é dar liberdade para o pedreiro trabalhar, mas sem deixar de acompanhar o andamento de perto, pelo menos semanalmente. Assim é possível corrigir possíveis falhas de compreensão ou comunicação antes de ser preciso refazer uma grande parte da obra.

Agora comente aqui e nos conte quais normalmente são suas maiores dificuldades na hora de contratar um pedreiro! Compartilhe suas experiências conosco e participe da conversa!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria