Conheça a decoração industrial

1
1633

Você por acaso já ouviu falar sobre a decoração industrial? Pois essa tendência chegou com tudo e tem ganhado uma enorme força nos projetos decorativos modernos. Especialmente em apartamentos pequenos, esse estilo cai muito bem, ajudando na otimização do espaço. Quer conhecer um pouco mais sobre a decoração industrial e descobrir como usar essa proposta na sua casa ou no seu apê? Então acompanhe agora mesmo nosso post:

Como surgiu a decoração industrial?

Ao contrário do que muitos pensam, esse estilo decorativo não é inspirado na Revolução Industrial! A proposta surgiu, na verdade, há apenas algumas décadas. As primeiras decorações industriais foram feitas em Nova York, entre os anos de 1950 e 1970, quando estúdios e galpões começaram a ser transformados em residências. Assim, o que antes era só mais um jeito funcional de organizar as casas, hoje é uma proposta estética super interessante e cheia de personalidade.

Quais são as características desse estilo?

A decoração industrial tem algumas marcas características, dentre elas as tubulações, os tijolos e as vigas aparentes, além das superfícies em cimento queimado, dos detalhes de metal, das peças de madeira mais pesada e do concreto predominante. Nos projetos de decoração industrial também há uma forte presença de ambientes integrados, sem paredes e com poucos móveis.

E as vantagens desse tipo de decoração?

A decoração industrial possui uma série de vantagens, pois, além de ser impactante, é prática e funcional. Por dispensar excessos de móveis e divisórias, esse estilo de decoração cria uma sensação de amplitude nos ambientes, além de preservar uma boa área para a circulação de pessoas. Embora seja muito usada em imóveis maiores, essa proposta é muito versátil e democrática, sendo recomendada, inclusive, para apartamentos compactos. Como se não bastasse, o resultado estético é bastante contemporâneo e cosmopolita, perfeito para pessoas antenadas e sofisticadas.

Mas como decorar a casa usando essas referências?

Antes de mais nada, saiba que não é preciso se limitar ao cinza do concreto na hora de compor a decoração, ok? Detalhes vibrantes, em tons de vermelho, amarelo, púrpura ou turquesa, são mais que bem-vindos nas decorações industriais, formando contrastes extremamente interessantes no conjunto.

O legal é misturar materiais e referências, combinando peças clássicas com itens modernos, mesclando cores neutras com cores chamativas, combinando madeira com metal e móveis rústicos com móveis bem mais sofisticados, já que a ousadia também é um traço distintivo desse estilo de décor. Só não abra mão dos tijolos aparentes e dos móveis de madeira de demolição, que agregam um toque acolhedor e familiar aos espaços.

Por último, mas não menos importante, vale lembrar que não se deve descuidar da iluminação, pois ela assume um papel muito importante nas decorações industriais. Para aumentar a sensação de amplitude, em casos de imóveis menores, invista em luminárias, arandelas e luz branca, além de uma grande janela para favorecer a iluminação natural durante o dia.

E então, gostou de conhecer um pouco mais sobre o estilo industrial de decoração? Pretende usar essa proposta decorativa na sua casa? Quais das características do estilo chamaram mais sua atenção? Compartilhe suas opiniões conosco!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria

Comments are closed.