Conheça 7 plantas que não precisam de sol

0
5525

Trazer a natureza para dentro de casa usando algumas plantas na decoração não apenas purifica e refresca o ambiente, mas também o deixa bastante sofisticado. O problema é que nem sempre dispomos de um jardim ou de um espaço que receba muita luz solar.

Mas não se preocupe! No post de hoje, mostraremos 7 plantas que não precisam de sol — elas crescerão com o mínimo de incidência luminosa e deixarão sua casa muito mais convidativa. Vamos lá?

1. Zamioculcas

A Zamioculcas é uma planta nativa da África Oriental e é uma das mais comuns para quem não possui um espaço com muita luz solar. Ela possui uma folhagem verde-escura brilhante e exuberante, exigindo pouca manutenção.

Além disso, ela pode crescer a uma altura de aproximadamente 1 metro e purifica o ambiente da casa ou do escritório. As regas devem ser feitas somente quando o solo estiver bem seco, nunca o encharcando.

2. Samambaia Americana

A Samambaia Americana é o tipo mais conhecido dentre as samambaias. Nativa dos trópicos, elas são graciosas e elevam a decoração a outro patamar. Sua folhagem é de um tom verde-claro e em formato de pena. Crescem rápido e podem atingir 1,5 metros, devendo, assim, ser penduradas em lugares altos.

Além de purificarem o ar, elas também liberam vapor d’água, trazendo umidade ao espaço. Por serem plantas tropicais, precisam de regas diárias e solo úmido.

3. Lírio-da-paz

Originário das Américas e do sudeste asiático, o Lírio-da-paz tem grandes folhas em tom verde-escuro brilhante e flores brancas. É uma planta bastante exótica e semelhante aos Antúrios. Pode chegar a uma altura de até 1,2 metros.

O Lírio-da-paz é bastante conhecido por reduzir o mofo e também absorver vapores de produtos químicos, como álcool e acetona. Deve ser regado uma vez na semana ou quando começar a ficar ligeiramente inclinado no vaso.

4. Violeta

Para quem gosta de flores na decoração, a Violeta é uma ótima aliada. Proveniente da Tanzânia, ela possui folhas verde-escuras em formato oval, com um toque aveludado. As flores são geralmente roxas, porém, existem em tons de azul, branco e rosa.

É uma planta interna muito amada devido à sua baixa altura (15 cm), que lhe permite se adaptar a espaços pequenos. Ainda, ela estimula a liberação de endorfinas, ajudando no relaxamento. Regue-a somente quando o solo estiver seco.

5. Espada-de-São-Jorge

A Espada-de-São-Jorge vem da África Ocidental e possui folhas longas, que crescem verticalmente em tons verde-escuros, claros e cinzas, com o aspecto de uma espada.

Pode crescer a uma altura de 90 centímetros e é ótima para quem tem uma rotina corrida, sem muito tempo para a jardinagem. Assim como as Violetas, as regas devem ser feitas somente quando o solo se apresentar seco, cerca de uma vez na semana.

6. Peperômia

A Peperômia possui mais de mil espécies diferentes, assim, dentre suas muitas aparências, você encontrará facilmente uma que combine com sua decoração. Comum na América tropical, ela possui folhas em formato de coração e flores que crescem verticalmente, como se fossem espetos.

A Peperômia pode chegar a ter 30 cm de altura e é reconhecida por retirar o formaldeído e outras toxinas do ar. Também só precisa de água quando o solo está seco.

7. Aspidistra

A Aspidistra é uma planta de crescimento lento e que se adapta a praticamente qualquer condição. Tem sua origem no Japão e pode crescer até uma altura de 60 centímetros. Possui folhas grossas, longas e verdes, com pequenas flores roxas.

Também chamada de “Planta de Ferro”, ela recebe esse nome por suportar qualquer ambiente. Embora possa sobreviver sem água por dias, é aconselhável manter o solo úmido para um crescimento saudável.

Esperamos que esta lista lhe inspire a fazer do seu lar um jardim, pois como são facilmente cultivadas, não há desculpa para não ter uma casa mais verde.

Adicionar algumas plantas que não precisam de sol em sua casa pode, instantaneamente, levantar o astral do espaço e o seu também. Com algumas ferramentas de jardinagem, você consegue uma casa muito mais viva!

O que achou do post de hoje? Quer ficar por dentro de mais conteúdos como este? Assine nossa newsletter e receba todas as novidades em primeira mão!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria