Como incentivar o filho a escolher a decoração de casa?

0
382

Muitas pessoas não sabem, mas incluir os pequenos em decisões referentes ao décor da casa pode ser bastante interessante, especialmente quando se busca criatividade. Além disso, quando você pede para seu filho escolher a decoração, ele desenvolve senso crítico, autoconfiança, habilidades opinativas e apego não só à estética do lugar, mas também à organização. Isso sem falar que ele se sentirá mais responsável e parte do lar.

Vale lembrar que o visual da casa é uma forma de expressão e está diretamente relacionado às preferências dos moradores. Então, essa é uma boa maneira de incentivar as crianças, estreitar laços e compartilhar gostos. Neste post, mostraremos como fazer isso. Acompanhe!

Ofereça algumas opções para seu filho escolher a decoração

Selecione algumas opções de itens que farão parte da decoração ― móveis, acessórios, tapetes, cortinas e outros ― e peça a opinião da criança para a decisão final. Apenas tome cuidado ao determinar as opções, principalmente quanto à mobília, e prefira peças que atendam às necessidades de segurança de acordo com a idade do seu filho.

Você também pode apresentar a ele duas ou mais paletas de cores de parede e deixá-lo opinar sobre cada uma. Troque ideias e reconheça os pontos de vista do pequeno, pois, dessa forma, ele se sentirá confortável e motivado para falar.

No momento de decorar o quarto dele, vale criar um ambiente personalizado e usar referências temáticas. Afinal de contas, esse será o espaço da casa totalmente dele e destinado ao seu descanso.

Valorize a opinião da criança

Ao oferecer opções para seu filho, valorize a opinião dele. Ouça com atenção o que ele tem a dizer e dê importância ao que está sendo conversado. Isso o ajudará a desenvolver autoconfiança para se expressar e comunicar, o que impactará bastante nas próximas fases da vida da criança.

Outra maneira de demonstrar interesse é elogiando suas atitudes positivas, seja celebrando conquistas dele na escola ou emoldurando desenhos, por exemplo. Você perceberá como ações simples são capazes de promover orgulho e felicidade!

Coloque a mão na massa

Mais legal do que decidir os aspectos da decoração juntos é produzir as próprias peças! Na internet há inúmeros materiais explicativos de como pintar as paredes, reciclar móveis antigos, confeccionar novos acessórios etc. Então, aposte no Do It Yourself e coloque a mão na massa.

Este momento de aprendizado e diversão desperta na criança a criatividade e habilidades motoras, além de ser ideal para a interação da família. Escolha atividades mais simples para executar com seu filho e dê a ele tarefas seguras para cumprir.

Você pode, por exemplo, renovar o visual das paredes da sala de estar aplicando papel de parede. Ou então, colorir caixotes de feira para fazer nichos e guardar brinquedos.

Estimule a organização

Independentemente da idade, é necessário ensinar às crianças sobre a importância da organização e colaboração dentro do lar. Ao compartilhar opiniões e aprender sobre seus deveres logo na infância, a assimilação e valorização do lar acontece de maneira simples.

Você viu que incentivar seu filho escolher a decoração é essencial para o seu desenvolvimento. Por isso, explique a ele o quanto sua participação é importante para deixar a casa sempre agradável, bonita e bem arrumada.

Gostou do nosso post? Então compartilhe com seus amigos nas redes sociais e veja o que eles acham!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria