Como fazer as plantas viverem mais

0
503

Seja na forma de grandes e robustos jardins ou até mesmo de delicados arranjos de mesa, a verdade é que plantas realmente bem cuidadas fazem toda a diferença! E exatamente por trazerem mais vida e verde para os ambientes, são cultivadas em quase todos os lares. Supondo então que você já tenha uma boa noção de como cuidar de suas mudas, está pronto para o próximo passo. Mas será que você sabe direitinho como fazer as plantas viverem mais? Pois se ainda tem dúvidas sobre o assunto, confira agora mesmo nosso post e aproveite as dicas que separamos especialmente para você:

Espécies e mudas

Se você ainda não decidiu em que flor investir para seu jardim, uma boa opção é plantar espécies tropicais, que já são mais adaptadas ao clima do Brasil. Além disso, elas são mais resistentes às possibilidades de doenças e às diferentes temperaturas de água, consequentemente ampliando seu tempo de vida. Nesse sentido, algumas espécies interessantes são as alpínias, as bromélias, as orquídeas e as helicônias.

Só preste atenção no seguinte: quando for adquirir uma plantinha para sua casa, analise bem as mudas disponíveis para escolher as mais resistentes e que não possuam machucados. Quando forem mudas de flores, dê preferência àquelas que apresentam mais botões, que normalmente têm vida mais longa.

Poda e irrigação

Em relação à poda e à irrigação, existem diferenças no que diz respeito às plantinhas cultivadas no solo e às espécies plantadas em vasos. Então fique de olho nessas particularidades:

Para flores plantadas no solo

Como as mudas cultivadas no jardim dispõem de mais espaço para se desenvolver, costumam ser mais resistentes. Assim, a poda geralmente passa a depender da quantidade e do tamanho das plantas que deseja manter por ali. Mas é importante também levar em conta a espécie escolhida antes de sair cortando todos os seus ramos. O maior cuidado está na irrigação, que deve ser mais frequente no verão, mas sempre evitando os horários de sol quente, pois podem murchar ou ressecar as folhas.

Para flores plantadas em vasos

As plantas cultivadas em vasos costumam ter uma vida mais curta, precisando por isso receber adubo com mais frequência, além de exigirem uma atenção maior em relação às regas para evitar que o substrato fique muito seco ou muito úmido. Quando observar que a muda se multiplicou, é importante fazer a poda, garantindo que não falte espaço no vaso para seu crescimento saudável.

Arranjos em vaso

Para garantir mudinhas mais resistentes para fazer belos arranjos de mesa você precisa apenas de alguns cuidados simples. Se a flor for adquirida em uma floricultura, dê preferência àquelas de caules mais curtos. Já se for retirada do seu jardim, procure cortar o caule o mais rente possível do solo. Com as mudas em mãos, é hora de higienizar bem o vaso em que as exibirá. Utilize água fria para o cultivo e, a fim de evitar que o caule apodreça rapidamente, procure colocar somente três dedos de líquido no fundo do recipiente.

Além disso, troque a água com frequência e lave as mudas e o recipiente a cada três dias. A manutenção consiste em cortar o caule na diagonal durante a troca, pois assim a muda absorve água com mais facilidade. Lembrando que flores cultivadas em vasos devem ser mantidas longe de ventos fortes e da luz solar direta, o local ideal para seus arranjos é mesmo dentro de casa, viu?

E você, como faz suas plantinhas viverem mais? Gostaria de acrescentar alguma dica que não citamos aqui? Deixe seu comentário e enriqueça nosso post!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria