Como escolher a iluminação adequada para cada ambiente da casa

0
1746

A iluminação certa faz toda a diferença, integrando-se à decoração, dando destaque aos pontos certos, criando o clima para o ambiente e facilitando na execução de tarefas. Assim, separamos algumas dicas sobre como escolher a iluminação adequada para cada ambiente da casa. Confira!

Iluminação externa

Praticidade e beleza são conceitos fundamentais ao se pensar na iluminação externa. Criar focos de luz mais forte com regiões de penumbra é um efeito interessante para destacar nuances do paisagismo. Além disso, as áreas externas de lazer devem ser bem iluminadas, especialmente as áreas de trabalho de bares e churrasqueiras.

Hall de entrada

A luz do hall de entrada deve ser convidativa e aconchegando, mas não muito forte. Cores quentes são mais recomendadas, com focos em detalhes da decoração. Luzes baixas ou indiretas podem ser uma boa saída.

Sala de estar

As salas de estar são ambientes de interação, e como todos devem ser bem iluminados e com cores aconchegantes. Os tons amarelados são recomendados, mas se deve evitar as lâmpadas incandescentes, pois consomem muita energia e possuem uma vida útil curta. Evite também focos diretos de luz que possam causar reflexos em televisões ou espelhos, preferindo iluminação mais difusa. No entanto, alguns focos pontuais que destaquem quadros, vasos ou outras peças de arte e decoração podem ser utilizados, tomando cuidado com o possíveis reflexos.

Sala de jantar

Nesses ambientes, as mesas de jantar devem ser destacadas. Focos de luz sobre elas ajudam nisso, existindo vários tipos de lustres, luminárias e spots que podem ser utilizados para isso. A iluminação correta e focada cria um ambiente mais próximo entre as pessoas à mesa e também pode realçar os alimentos.

Como escolher a iluminação adequada para cada ambiente da casa (2)

Cozinha

As cozinhas devem ser muito bem iluminadas, pois são áreas de trânsito e utilização intensa. As estações de trabalho devem ser especialmente iluminadas, ao menos o dobro do que o restante do ambiente, com bom foco sobre balcões e fogões. Tubos luminosos são uma excelente pedida, e iluminações parciais para a madrugada podem ser uma ideia interessante, se integradas ao ambiente. O uso de luz branca é recomendado.

Banheiro

Aqui também a luz branca é recomendada. Ajuda na sensação de limpeza e clareza do ambiente. A iluminação deve ser suave, garantindo uma sensação leve, mas também precisa ser focada por se tratar de um ambiente dedicado à higiene pessoal.

Quarto

Os quartos são ambientes que pedem múltiplos conjuntos de iluminação, pelos seus diversos usos. Um conjunto mais forte e bem iluminado serve para se vestir e arrumar, facilitando a visão dos detalhes. Um conjunto para descanso pede cores mais calmas e uma iluminação parcial. Também pode-se acrescentar um conjunto de abjures e spots para leitura ou se arrumar para dormir.

Home office

Esse é um tipo de ambiente de intenso trabalho, por isso, quanto mais iluminado melhor. No entanto, luzes muito focadas podem ser prejudiciais. O uso de focos pontuais e luz forte e difusa no restante é uma boa escolha para o Home Office, garantindo uma iluminação que auxilie na execução do trabalho. Spots na estação de trabalho são também muito úteis.

Achou essas dicas úteis para saber como escolher a iluminação adequada? Então confira também nosso post sobre 6 dicas de manutenção da instalação elétrica da casa!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria