Como calcular a quantidade de piso da reforma da casa?

0
2086

Reformar a casa é uma tarefa prazerosa e cansativa. Prazerosa porque é um momento em que fazemos melhorias em nosso lar. E cansativa porque, para que tudo corra bem, é preciso estar atento a uma série de detalhes.

Acertar na quantidade de piso é um desses detalhes que merecem toda a atenção por parte daqueles que estão se aventurando no difícil caminho da reforma.

Para tornar essa tarefa um pouco mais simples, preparamos este artigo com algumas dicas para que você aprenda de vez como calcular a quantidade de piso necessária para a reforma da casa. Confira!

Determine as áreas dos ambientes

A primeira coisa que você precisa fazer para saber qual será a quantidade de piso ideal para reformar uma casa é calcular a área onde ele será assentado.

Se você for reformar a casa inteira, será preciso calcular a área de todos os cômodos. Agora, se a reforma for em apenas um ambiente, você precisará calcular apenas a dimensão do ambiente que será reformado. Para determinar essa área, você precisa verificar as medidas do espaço (comprimento e largura). Para isso, use uma trena. Meça o tamanho das medidas e anote-as.

Para facilitar, vamos imaginar uma cozinha retangular cujas medidas são 4 m por 5 m. No nosso exemplo, como a cozinha é retangular, basta você multiplicar as duas medidas para determinar a área, que,  no caso, será de 20 m² (4 x 5).

Lembre-se de que o cálculo da área do cômodo depende do formato do ambiente. A maioria dos ambientes é quadrada ou retangular. Mas, se o formato for diferente, você terá que calcular a área de acordo com a figura geométrica que ela representa.

E uma última dica: também é preciso considerar o rodapé que, geralmente, tem de 10 a 15 cm. Multiplique a altura do rodapé pela extensão total das paredes nas quais ele será assentado. Some o valor obtido ao valor, já calculado, da medida do ambiente. Quanto maior for a altura do rodapé, maior será a quantidade de pisos utilizada. Viu? Não é difícil saber como calcular a quantidade de piso!

Deixe uma margem de segurança

Agora que você já determinou a área do local que será reformado (20m²), é preciso estabelecer uma margem de segurança. Isso é indispensável pois, durante a execução da reforma ou mesmo durante o transporte, o piso pode sofrer algum dano. É o que se chama de “perdas”.Assim, é preciso comprar o revestimento considerando uma folga. Em geral, é calculada uma folga de 10 a 20%.

Em nosso exemplo, considerando uma folga de 20%, ela deve ser calculada sobre os 20 m² de piso, o que resulta em 4 m². Assim, em vez de comprar exatamente 20 m² de revestimento, é bom que você compre 24 m² (já contando com a folga).

Além disso, se você escolher assentar o piso na diagonal, é necessário aumentar essa folga para 30%, já que haverá mais cortes de cerâmica e maiores perdas. Viu?

Transforme a área em quantidade de caixas

No momento da compra, lembre-se de que, em geral, os pisos são vendidos em caixas. Cada caixa possui uma quantidade determinada de piso, que equivale a um determinado valor em m². Para saber direitinho quantas caixas você precisa, calcule quantos m² vem em cada caixa. Depois é só determinar o número de caixas, considerando a área do ambiente que você calculou (já com a folga).

Gostou das nossas dicas? Já sabe direitinho como calcular a quantidade de piso da sua reforma? Então, assine a nossa newsletter e continue ligado em nossas dicas e novidades.

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria