Seu chuveiro anda com problemas? Verifique a fiação

0
3098

Banho quente é praticamente irresistível, ainda mais nos dias frios. No entanto, não há nada mais desagradável (embora seja muito comum) do que o chuveiro elétrico dando problemas. Se a água do seu chuveiro não esquenta, se você toma choques quando vai ligá-lo ou, ainda, se sente cheiro de queimado toda vez que vai tomar banho, saiba que a razão de todos esses males pode ser a fiação inadequada.

Chuveiro elétrico: quando o “mocinho vira vilão”

O chuveiro elétrico, como o próprio nome sugere, tem o poder de transformar energia elétrica em energia térmica. Apesar do processo ser rápido e prático, ele eleva bastante o consumo de energia da residência, que em muitos casos não possui a instalação ideal para suportar tamanho consumo. Além disso, muitas vezes os  fios que alimentam o chuveiro contam com diâmetro consideravelmente menor do que o necessário.

Por que os problemas no chuveiro acontecem?

A tendência é que no inverno as pessoas mudem a chave do chuveiro para a opção mais quente possível. Essa temperatura mais elevada exige uma maior potência e, ao exigir maior potência, a fiação começa a esquentar. Este tipo de situação é mais frequente quando o chuveiro elétrico é ligado ao mesmo tempo em que o micro-ondas, o secador, o ferro de passar e outros aparelhos que puxam muita energia também estão funcionando na casa.

Quando corrigir os problemas do chuveiro?

Assim que irregularidades no funcionamento do chuveiro forem notadas, é necessário corrigi-los imediatamente, não só por causa do conforto, como também da segurança. Se a bitola (diâmetro) do fio for menor que o ideal, é possível que a fiação comece a derreter, o que pode causar choques, explosão ou curto-circuito. Isso  é um perigo direto para quem está tomando banho, além de afetar a instalação elétrica de modo geral.

Sinais de que o fio é inadequado

Há alguns sinais claros de que algo não vai bem com a fiação da sua casa. Descubra quais são eles e fique atento se perceber:

  • Cheiro de plástico queimado;

  • Mudança na cor do fio;

  • Mudança na forma do fio;

  • Superaquecimento ou ausência de aquecimento no chuveiro;

  • Choques leves;

  • Queda de energia total ou parcial na residência.

Troca da fiação: solução mais comum e eficaz

O ideal é sempre optar por fios de bitola maior que o indicado. Assim, se você quiser trocar o chuveiro elétrico por um mais potente, você não terá grandes problemas. Lembre-se que se o fio aumentar, o diâmetro também deve ser maior. Vale destacar que quando ocorrem problemas como os mencionados acima, normalmente a troca da fiação por uma nova é suficiente para resolvê-los.

Procure um profissional especializado

Não tente resolver o problema sozinho! Procure um eletricista para diagnosticá-lo e solucioná-lo, evitando assim problemas futuros nas instalações elétricas da sua casa. É importante que ele verifique qual o estado da tubulação e se a fiação está em dia. Evite fazer trocas de disjuntores por conta própria. Embora seja uma tarefa relativamente simples, ela pode ser vã, já que os fios permanecerão se superaquecendo quando vários equipamentos forem ligados ao mesmo tempo.

E aí, gostou das nossas dicas? Fique sempre  atento aos problemas nas instalações elétricas da sua casa para garantir a segurança e o bem-estar da sua família. Até a próxima!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria