Cães para apartamento: 7 raças que são só amor!

0
316
Man Looking At Banking App On Digital Tablet

Muita gente que ama cachorros deixa de ter um animal de estimação porque não mora em uma casa grande com quintal. Mas isso não é um problema. Existem diversas raças de cães para apartamento que se adaptam facilmente a espaços menores que podem viver em perfeita harmonia com os moradores.

Mas antes de abrir as portas para seu mais novo amigo, é aconselhável pesquisar minuciosamente quais são essas raças e o comportamento delas, para só então fazer a sua escolha. Fizemos uma lista para ajudá-lo nessa tarefa!

1. Maltês

Essa raça se adapta facilmente ao dia a dia do seu dono. Se a sua rotina for bem ativa, a dele também será. Mas se o dono for tranquilo, o cão também terá um comportamento mais pacato. São gentis e brincalhões, cães de companhia por excelência. Necessitam de passeios frequentes para socializar e se exercitar.

2. Pug

O pug é muito adorado por sua simpatia e por estar entre as raças de cães para apartamento mais amáveis. Eles adoram crianças e se dão bem com todo tipo de dono. Além disso, latem muito pouco, são muito companheiros e não são os maiores fãs de atividade física.

Por outro lado, os filhotes dessa raça são agitados e brincalhões e podem roer os móveis se ficarem muito estressados ou entediados. Por isso, mesmo sem a disposição dos “cães atletas”, é importante levá-los para breves passeios.

3. Buldogue inglês

Pela carinha já dá para perceber que o buldogue inglês curte mesmo uma boa preguiça. Certamente o sofá é o lugar onde ele gostaria de estar. Pode pesar até 35 kg e não é o cão mais apropriado para viver em áreas externas.

Assim como o pug, o buldogue é um cão braquicefálico (focinho achatado). Então, caso se exercite muito, pode desenvolver uma hipertermia (aumento excessivo da temperatura corporal). Por isso, o aconchego do seu apartamento é o local mais indicado para ele.

4. Poodle

Fiel, inteligentíssimo e obediente, o poodle é um cão facilmente adestrável. Por isso, vive tranquilamente em apartamentos. Alguns latem mais do que outros, porém com treinamento adequado aprendem a se comportar.

É interessante levá-lo para passeios e fazer brincadeiras para que possa gastar sua energia. Os passeios são importantes também para socializá-lo com outros cães e com outras pessoas.

5. Yorkshire Terrier

Por serem pequeninos e companheiros, são perfeitos para espaços menores como um apartamento. Dão-se muito bem com os adultos e são facilmente adestráveis. O yorkshire é muito protetor e, apesar do tamanho, não é incomum vê-lo latir para defender seu dono. Mas na maioria dos casos isso não chega a incomodar os vizinhos.

Como um típico terrier, é alerta e tem grande vivacidade. Os passeios contribuem para a socialização e o deixam mais tranquilo.

6. Lhasa Apso

Teimoso e com muita energia, os cães da raça lhasa apso são ótimos para viver em apartamento. Aliás, esse é o lugar mais adequado para manter seu longo pelo limpo e desembaraçado. Passeios curtos são suficientes para deixá-lo alegre e satisfeito.

7. Boston Terrier

São muito amáveis e adoram agradar todos os moradores. São perfeitos cães para apartamento. São muito apegados ao dono e, por isso, não devem dormir no quintal. Os cães dessa raça costumam ser tranquilos e não fazem muita bagunça. São de porte pequeno e exigem pouca atividade física.

Adaptações para o novo morador

Esses são alguns exemplos de cães para apartamento. Assim que você definir a raça do seu novo companheiro, também pode fazer pequenas adaptações no apartamento para recebê-lo de forma adequada.

Algumas dicas simples: instale telas nas janelas, não deixe artigos de decoração ao alcance do pet, esconda fios e cabos, prefira pisos e sofás fáceis de limpar e opte por mesas e cadeiras com pés resistentes (de aço ou de ferro).

Viu como não é difícil encontrar cães para apartamento? Várias raças se adaptam facilmente a espaços pequenos. Mas lembre-se de conferir nosso post sobre cinco medidas de proteção doméstica para quem tem um pet!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria