Aprenda passo a passo como pintar uma parede

0
800

Quer pintar as paredes de sua casa, mas o orçamento está apertado ou não deseja gastar com mão-de-obra?  Sim, é possível ter uma pintura bem feita sem gastar com profissionais.

Mas, para que o projeto não se torne uma dor de cabeça, é preciso contar com materiais de qualidade e seguir algumas regras básicas.

Veja o passo a passo de como pintar uma parede. Acredite, você pode fazer.

  1. Reúna os materiais necessários

Tinta (claro!)

Rolo de pintura

Fita crepe

Misturador ou espátula

Primer ou fundo preparador para paredes

Papelão ou plástico

Pincel

– Escada

– Bandeja ou recipiente para mistura

Dependendo do caso

Lixa

Massa de nivelamento

 

  1. Prepare a parede

Ao escolher a parede, observe se não há sinais de fungos, umidade ou trincas. Em caso positivo, antes de qualquer coisa o problema deve ser corrigido. Existem diversos tratamentos e produtos específicos para estes problemas, dependendo do nível de severidade.

Veja também se existe a necessidade de corrigir eventuais áreas imperfeitas com massa de nivelamento ou lixar a parede.

Com a superfície ok, o primeiro passo é limpar a superfície que vai receber a tinta. Para isso, você pode utilizar uma esponja umedecida, água e detergente líquido.

 

  1. Prepare o local

Comece a preparar o ambiente que vai receber a pintura. Esse passo é fundamental para proteger os móveis e o chão de gotas ou respingos de tinta.

Primeiramente, retire todos os móveis do ambiente ou os coloque no centro do cômodo, o mais afastado o possível das paredes que serão pintadas.

Depois, proteja bem o chão com jornais ou plásticos grandes. Se tiver tomadas ou interruptores nas paredes, desligue o quadro elétrico e retire todas as molduras.

Proteja com fita crepe as áreas que não serão pintadas, como rodapés, gesso, tomadas e interruptores. É importante que a fita fique bem colocada no canto exterior dessas áreas. Ou seja, a fita deve estar colada exatamente no encontro da parede com a área protegida.

 

  1. Aplique o fundo preparador

Sempre que possível, aplique primer ou fundo preparador para paredes na área que será pintada. Trata-se de uma tinta especial que prepara a superfície para pintura, garantindo melhor aderência da tinta e aumentando a durabilidade da pintura.

Aplicá-lo é fácil: despeje o fundo preparador em um recipiente e mergulhe o rolo de pintura, deslizando-o para trás e para frente. Quando o rolo estiver totalmente coberto, passe na parede até que toda a superfície fique protegida com uma camada do produto.

Consulte o tempo de secagem recomendado pelo fabricante na embalagem.

 

  1. Prepare a tinta

Após abrir a lata de tinta, realize a sua homogeneização, utilizando um misturador ou espátula apropriada. Depois, despeje a tinta na bandeja e a dissolva conforme as instruções da tinta escolhida. Importante: dilua somente a quantidade que for utilizar, para evitar desperdício.

E atenção: calcule quantas latas de tinta você vai precisar, pois se elas vierem de lotes diferentes, pode haver diferença na tonalidade da cor. Se isso acontecer, faça como os profissionais e misture tudo em um recipiente para igualar os tons.

 

  1. Comece pelas bordas

Inicie a pintura pelas bordas e áreas protegidas pela fita crepe. Para isso, mergulhe um pincel pequeno na tinta, cobrindo até cerca de um terço das cerdas.

Passe a tinta no sentido que vai da fita para a parede, cobrindo cerca de sete centímetros. Faça o procedimento em todas as áreas protegidas.

 

  1. Hora do rolo de pintura

Blog-Pintura-07

Pinte o resto da parede utilizando o rolo de pintura. Para isso, despeje a tinta em um recipiente, mergulhe o rolo e retire o excesso do produto.

Espere que a tinta seque e aplique a segunda mão.

 

  1. Retire a fita crepe

Retire com cuidado as fitas de proteção enquanto a tinta ainda estiver fresca, para evitar a remoção de tinta já seca.

Aguarde a tinta secar completamente e pronto! Eis a sua parede novinha!

E você? Pronta para encarar a pintura de sua casa? Conte pra gente!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria