7 maneiras de refrescar a casa durante os dias quentes de verão

1
8849
A side view of the white fan on blue background.

Todos sabemos que o Brasil é um país tropical e, nos meses de primavera e verão, as temperaturas podem ser bastante elevadas. Assim, mesmo para os amantes do calor brasileiro, as altas temperaturas podem ser um grande problema — de modo que refrescar a casa deixa de ser uma medida de conforto e passa a ser uma necessidade.

Por isso, no post de hoje separamos algumas dicas que vão ajudar a refrescar a casa nos meses de verão. Fique com a gente e confira!

1. Espalhe bacias de água pela casa

As bacias de água têm uma ação dupla quando são espalhadas por toda a casa. Isso porque a água vai evaporar e, além de refrescar o ambiente, levará maior umidade à casa — tornando a respiração muito mais confortável e saudável.

A água deve ser trocada diariamente a fim de evitar que acabem acumulando poeira ou se tornando um criadouro dos mosquitos da dengue.

Para quem deseja algo mais bonito e sofisticado, também é possível comprar fontes elétricas de água. Há diversas opções no mercado e que, dependendo do tamanho, nem precisam ser instaladas: é só comprar e usar!

2. Use os ventiladores a seu favor

Os ventiladores não conseguem resfriar o ar quente, mas eles fazem o ar circular pelo ambiente de maneira mais veloz e eficiente. Para potencializar a ação do ventilador, temos duas dicas:

  • Faça com que ele aja de forma mais efetiva. Durante as madrugadas, a temperatura exterior costuma ser mais elevada do que a temperatura no interior do quarto, de modo que a tendência do ar quente é sempre entrar. Por isso, aponte o ventilador para o lado de fora da janela. Pode parecer loucura, mas isso vai fazer com que a entrada do ar quente seja reduzida e, consequentemente, a temperatura dentro do quarto ficará mais amena.
  • A outra dica é para quando o calor estiver insuportável. Nesse caso, aponte o ventilador diretamente para você e, para resfriar o ar que irá em sua direção, coloque um recipiente com gelo na sua frente. Assim, o ar apontado em sua direção chegará de maneira mais geladinha e incrivelmente refrescante.

3. Use e abuse do branco para refrescar a casa

Você já deve ter ouvido em algum lugar que a cor preta absorve a luz, enquanto a cor branca reflete. A afirmação é bastante simplista, mas, de forma geral, é isso mesmo: a cor branca reflete todas as frequências de onda luminosa, enquanto a cor preta as absorve.

Assim, se você possui algum cômodo da sua casa cuja incidência luminosa seja direta e/ou muito grande, não hesite em deixar tudo branco: paredes, móveis e acessórios. Desse modo, a luz que entrar será refletida e, consequentemente, a retensão de calor será muito menor.

Por meio desse truque, é possível diminuir de maneira significativa a temperatura do cômodo e torná-lo muito mais agradável.

4. Troque suas lâmpadas

As lâmpadas tradicionais são denominadas incandescentes. Como o próprio nome diz, elas, além de luz, produzem uma grande quantidade de calor.

Se você já está sofrendo com as altas temperaturas do verão brasileiro, não vai querer algo no seu quarto que produza ainda mais calor, não é mesmo? Por isso, mude suas lâmpadasincandescentes, trocando-as por lâmpadas fluorescentes ou de LED.

Além de não produzirem calor, esses tipos de lâmpadas consomem muito menos energia e duram muito mais tempo.

5. Aposte nos jardins internos

As plantas, além de serem belíssimas, também podem ser um grande aliado na diminuição da sensação térmica no interior da sua casa. Isso porque, assim como nós, elas também transpiram e essa transpiração fará com que o ar do ambiente fique mais úmido e mais fresco.

Ademais, de quebra, os jardins internos também ajudam a decorar o ambiente e deixá-lo muito mais charmoso e aconchegante.

Mas muito cuidado: você jamais poderá permanecer em um ambiente fechado junto com uma grande quantidade de plantas. Afinal, tal como os seres humanos, elas também respiram oxigênio. Desse modo, as plantas podem consumir grandes quantidades desse gás e fazer com que você fique sem.

6. Não deixe a luz entrar

Nos cômodos onde a luz não incide diretamente, é interessante colocar cortinas vazadas para que o ar fresco consiga transitar pelo ambiente.

Mas nos cômodos onde a luz incide diretamente, você deve barrar a entrada da mesma. Utilize cortinas blecaute e não se esqueça: a parte virada para fora jamais poderá ser preta. A parte externa da cortina deverá ser branca ou constituída de uma película de vidro a fim de refletir a luz incidente e impedir sua entrada no cômodo.

7. Utilize tecidos leves

Alguns tecidos podem reter mais a temperatura do que outros. Por exemplo, tecidos como veludo e lã são naturalmente mais quentes pela própria constituição do material que os compõe. Desse modo, nos dias de verão, eles devem ficar fechados dentro do armário!

Tendo isso em mente, nos cômodos onde o calor é mais intenso, aposte em tecidos mais leves e que retenham quantidades menores de calor, tais como a seda e o algodão. Esses tecidos absorvem menos calor e, por consequência, deixam o ambiente muito mais fresco.

Além disso, para os sofás cujo estofamento é feito de couro, tenha em mente que o couro é um tipo de revestimento que não absorve o suor, fazendo com que esquente demais em contato duradouro com a pele. Por isso, coloque uma manta de algodão ou seda para cobri-lo quando os dias estiverem mais quentes.

O verão nem chegou, mas a primavera já está dando uma prévia do que será a estação mais quente do ano. Por isso, alguns truques simples e fáceis de fazer são muito importantes e constituem uma alternativa acessível e natural para refrescar a casa durante o verão.

Gostou do nosso conteúdo? Você já pratica ou deseja praticar alguma das nossas dicas para refrescar a casa? Se quiser ficar por dentro de mais conteúdos como este, por que também não lê o artigo que preparamos sobre os cuidados que você deve manter com a sua casa durante o verão?

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.