6 dicas para fazer um ótimo planejamento de obra

1
2550

O primeiro passo para iniciar uma obra bem sucedida é o seu planejamento. Seja construção ou reforma, a programação de uma obra é essencial para otimizar prazos, orçamento e garantir que os resultados saiam de acordo com o desejado. O planejamento envolve desde a programação dos custos, até a definição de acabamentos e dimensões dos cômodos.

Iniciará uma obra e faz questão de economia e qualidade? Veja como fazer um planejamento de obra para ter o imóvel dos sonhos!

1. Defina todos os detalhes da reforma ou construção

Antes de traçar metas para a sua obra, saiba exatamente aquilo que deverá ser feito durante o processo. Quantifique os cômodos a serem trabalhados, prestando atenção também na metragem que será modificada. A escolha dos acabamentos influencia bastante no orçamento e no tempo de reforma, por isso também devem estar descritos no projeto.

2. Conte com um profissional

Mesmo que você tenha experiência com reformas, é muito importante consultar um profissional antes de dar início à obra. O engenheiro ou arquiteto responsável irá fiscalizar se as mudanças afetarão a estrutura do imóvel e certificar que os passos do cronograma estão de acordo com a reforma. Além disso, ele poderá auxiliar a projetar custos e prazos da melhor forma.

3. Saiba projetar de acordo com seu bolso

Saiba projetar as modificações no seu imóvel de acordo com a verba disponível. Economizar com mão de obra pode significar uma maior demanda para o responsável pela construção, além de poder comprometer aquilo que foi feito por pessoas desqualificadas. Estude acabamentos e materiais que se encaixam no seu orçamento para que não tenha frustrações quando o dinheiro acabar no meio da empreitada.

4. Pesquise os valores de mercado

Na hora de planejar sua obra, tente quantificar os materiais que serão utilizados, para fazer um orçamento coerente com seu cronograma. Pesquise os valores entre as lojas do mercado, tomando nota também das formas de pagamento e opções de entrega disponíveis. Às vezes é mais vantajoso comprar em uma loja com parcelamento sem juros do que investir em uma promoção de materiais de baixa qualidade.

5. Programe mudança e estoque

Algumas coisas podem ficar esquecidas e atrapalhar o andamento da reforma, como por exemplo o planejamento do estoque da obra. Se não houver espaço no imóvel para guardar o material, é preciso programar uma entrega fracionada ou alugar um lugar para que fiquem seguros. A perda de material por armazenamento incorreto pode trazer desgaste e gastos para o dono da construção. Outro ponto que costuma ficar esquecido é o planejamento do que fazer com móveis e utensílios dos cômodos que serão modificados, no caso de reformas. Procure embalá-los completamente e deixar o cômodo livre somente para o trabalho.

6. Planeje as adversidades

Por maior que seja o planejamento, uma obra pode sofrer com imprevistos e danos improváveis. Para não ser pego de surpresa, separe uma verba extra para não ter desgaste com o que não sair dentro do programado. Prazos muito apertados também são arriscados, principalmente em grandes empreitadas. Planeje seu cronograma com uma folga para lidar com as adversidades que surgirem.

Planejar uma obra é mais fácil do que parece, não é mesmo? Assine a nossa newsletter e fique por dentro das nossas dicas sobre reforma e construção!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria

Comments are closed.