6 dicas para guardar e organizar os brinquedos das crianças

0
1411

 

A infância é um período marcado pela ludicidade e pela diversão, não é mesmo? Assim, não é à toa que as crianças gostem tanto dos brinquedos nessa fase tão especial da vida! Porém, por mais que as brincadeiras sejam super saudáveis, sua casa não precisa se parecer com uma brinquedoteca desarrumada ou com um lar inteiramente decorado por crianças. Muito pelo contrário, na verdade, porque brinquedos e organização podem, sim, conviver muito bem!

Se os brinquedos dos pimpolhos vivem espalhados pela casa afora, se volta e meia você tropeça em um carrinho ou se não sabe mais o que fazer para colocar os joguinhos, as bonecas e as pelúcias em ordem, não se preocupe! Chegou a hora de conferir nossas dicas e descomplicar essa tarefa de uma vez por todas! Então acompanhe:

Comece categorizando tudo

O princípio básico da organização de brinquedos é separá-los por categorias: brinquedos que não estão sendo mais usados e estão fora da faixa etária do seu filho, brinquedos que estão quebrados e necessitam de algum tipo de conserto ou reposição de peças e brinquedos em pleno uso, que simplesmente precisam ser guardados.

Os brinquedos que a criança não usa mais devem ser doados, os estragados devem ser consertados ou reciclados e os demais precisam ser guardados por tipo — carrinhos com carrinhos, bonecas com bonecas e jogos com jogos, por exemplo. Você vai ver como só essa etapa já vai aliviar bastante a confusão!

Aposte em caixas organizadoras transparentes

Com os brinquedos devidamente categorizados, passe para a organização em caixas transparentes. Isso vai facilitar a localização de cada item, além de não comprometer a decoração do espaço e tornar os brinquedos mais atraentes para os pequenos. Caso ache válido, coloque etiquetas para identificar mais facilmente o conteúdo de cada caixa.

Abuse dos nichos e das prateleiras

Para aumentar a organização e a funcionalidade do espaço, disponha os brinquedos em nichos e prateleiras. Os itens que as crianças usam com frequência devem ficar sempre à mão, enquanto os brinquedos que elas usam menos não só podem como devem ficar em áreas mais altas, assumindo um papel decorativo no ambiente.

Separe os brinquedos de cada filho

Se você tem mais de um filho e eles possuem gêneros e idades diferentes, procure não misturar os brinquedos das crianças. Caso tenha um menino e uma menina, por exemplo, o ideal é ter um baú para cada filho guardar seus brinquedos. Isso vai facilitar o uso dos itens diariamente, além de contribuir para a manutenção da organização do quarto dos pequenos.

Limpe os itens regularmente

Para evitar que as crianças sofram com alergias ou levem germes e bactérias das mãozinhas para os olhos e a boca, é importante que os brinquedos sejam limpos com frequência, de preferência antes mesmo de serem guardados. Isso definitivamente fará toda a diferença no bem-estar e na segurança dos pimpolhos!

Envolva as crianças na organização

Desde cedo, as crianças devem aprender a colaborar na organização da casa, começando já pelos cuidados com os próprios brinquedos. Assim, peça a ajuda dos pequenos na hora de guardar os itens ou até mesmo quando for separá-los para doação. E que tal deixar a tarefa mais divertida investindo em caixas coloridas?

Agora nos conte: que outros métodos você já adota para que os brinquedos não fiquem espalhados pelos cômodos da casa, atravancando a passagem? Compartilhe suas dicas conosco e participe da conversa!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria