6 dicas na hora de comprar pisos e revestimentos

0
2001

A escolha dos pisos e revestimentos é um passo muito importante em qualquer obra, seja ela de reforma ou de construção, uma vez que esses materiais não costumam ser trocados com frequência, o que requer ainda um maior critério na hora da compra. É preciso escolher um piso que alie estética e qualidade. E mais do que isso: é necessário também se atentar a detalhes relativos à cor, à textura e, claro, à quantidade.

Quer acertar de primeira na escolha dos seus pisos e revestimentos? Então confira nossas dicas e decida sem medo. Vamos lá?

Calcule a quantidade

Antes de seguir para a loja de materiais de construção, esteja com o projeto de construção ou da reforma em mãos. Confira as medidas de cada ambiente e verifique se a loja tem a quantidade necessária do revestimento que procura. Lembre-se, porém, de não comprar a metragem exata! Normalmente se recomenda comprar 15% a mais para cobrir quaisquer imprevistos, como quebras e deformidades nas peças. O que sobrar pode ser guardado para manutenções futuras. Vale ressaltar que se você não souber calcular a quantidade ideal, clique aqui, nós da Casa Show iremos te ajudar!

Analise o material pessoalmente

Redobre os cuidados ao fazer compras por meio de catálogos ou de sites, pois nem sempre as cores e texturas são iguais às que aparecem nas fotos. Se você optar por fazer compras on-line porque o preço está tentador, separe um tempinho para ir à loja física conferir se o produto é realmente como o informado pela internet.

Programe a compra de acordo com o cronograma da obra

O mais indicado para que sua reforma ou construção flua bem é encomendar os pisos e revestimentos com antecedência, agendando as entregas de acordo com o cronograma da obra. Com isso você otimiza espaço, evita quebras por conta de armazenagem e indevida e não corre o risco de deixar para comprar o piso em cima da hora e acabar não encontrando a quantidade suficiente para concluir o trabalho. Não é bom nem imaginar o pesadelo, não é verdade?

Confira os produtos no ato da entrega

Para evitar problemas com peças defeituosas ou diferentes do combinado, confira os produtos logo no ato da entrega. Veja se todas as caixas possuem o mesmo número de lote, abra as embalagens e faça uma checagem geral. Caso observe algo estranho, solicite a troca imediatamente. Se o problema só for identificado futuramente, saiba que você tem até 90 dias para solicitar a substituição.

Leve em consideração o estilo da decoração

Para acertar na escolha dos pisos e revestimentos, pense também no estilo decorativo do ambiente. Locais mais rústicos pedem materiais menos sofisticados, com texturas e cores mais naturais — a exemplo da madeira. Já ambientes clássicos pedem materiais mais sofisticados, como o porcelanato, o granito ou o mármore.

Escolha de acordo com o propósito do espaço

Também é importante levar em consideração a finalidade do ambiente. Ao redor da piscina, por exemplo, o piso deve ser antiderrapante, na cozinha os revestimentos devem remeter à limpeza, na área gourmet, os pisos precisam ser extremamente resistentes e de fácil manutenção, por conta da grande circulação de pessoas e da exposição a fatores externos. Em outras palavras, cada espaço requer revestimentos distintos. Então avalie a demanda do ambiente e faça sua escolha a partir daí!

No mais, não se esqueça de comprar os materiais básicos para assentar o piso — argamassa e rejunte, por exemplo —, além de contratar um bom profissional para fazer o serviço, afinal, de nada adianta comprar o porcelanato mais bonito e caro da loja se ele não for assentado como merece, certo?

Agora comente aqui e nos conte sobre suas experiências! Compartilhe seus critérios de escolha conosco! Participe!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria