5 dicas de cores de parede para diversos ambientes

3
1766

Está pensando em dar uma repaginada na decoração da sua casa? Modificar as cores de paredes pode ser uma ótima ideia para transformar as sensações e também o aspecto dos ambientes.

Porém, nem sempre é fácil decidir pelas novas tonalidades, não é mesmo? É preciso considerar os móveis e objetos já existentes, o formato do ambiente e também as possíveis combinações de cores e o que elas transmitem.

Se você está com dúvidas na hora de escolher as cores de parede para a sua casa, veja as dicas que separamos!

1- Analise o formato do ambiente

Antes de definir pela nova cor é importante que você pense no formato do ambiente. Isso porque o contraste entre certas tonalidades pode ajudar você a tornar o espaço mais amplo, com um pé direito maior ou até mais arejado.

Se você possui uma sala retangular, por exemplo, você pode pintar a parede menor com um tom mais escuro das demais, assim você terá um efeito de encurtamento no ambiente.

Já para as salas quadradas, pintar duas paredes opostas com tons mais escuros ajuda a alongar o espaço.

2- Conheça o círculo cromático

O círculo cromático é uma ótima opção na hora de combinar tonalidades. Você verá que ele é dividido em:

  • Cores primárias: azul, amarelo e vermelho. Podem ser combinadas com os tons neutros de cinza, branco, preto e marrom.
  • Cores secundárias: laranja, verde e roxo. Ficam ótimas quando harmonizadas com as cores terciárias, neutras ou ainda em tom sobre tom.
  • Cores terciárias: é a mistura de duas cores secundárias e podem ser harmonizadas entre si, usadas em tríade ou em uma decoração monocromática.
  • Complementares: cores opostas dentro do círculo que garantem um contraste máximo, além de efeito vivo e forte para os ambientes.
  • Análogas: são os tons que estão próximos de determinada cor no círculo. Elas garantem combinações mais suaves.
  • Neutras: são os tons de branco, cinza, preto, bege e marrom. Podem ser usadas como base da sua decoração e ficam ótimas em diversas combinações.

3- Use a cromoterapia

Para a cromoterapia, as cores influenciam no equilíbrio da casa e ainda podem ajudar a fortalecer a nossa saúde. Por isso, saber o significado das cores pode ajudar a fazer escolhas mais sábias. Veja alguns:

  • Vermelho: usado para trazer energia, alegria e excitação, elevando a autoestima e a vitalidade. Evite sobrecarregar os ambientes e sempre mescle com tons suaves e neutros.
  • Amarelo: é a cor usada para beneficiar o raciocínio lógico, o equilíbrio e o otimismo, favorecendo a comunicação e a inspiração, sendo muito indicada para ambientes de estudo e trabalho.
  • Verde: a cor da natureza tem o poder de acalmar e trazer uma sensação de renovação e equilíbrio. Pode ser usada em combinações de tom sobre tom ou junto de cores neutras e suaves.
  • Branco: é a união de todas as cores e muito usado para energizar todo o corpo, pode ser usado para dar destaque às outras cores ou ainda para ampliar os ambientes. Só tome cuidado com o excesso para não ficar monótono.

4- Analise a iluminação

Como é a iluminação do ambiente? Se não receber muita claridade natural é importante balancear com tons mais claros nas paredes, caso contrário o espaço irá parecer sufocante.

Além disso, confira se a tonalidade escolhida ficará exatamente da maneira que você deseja na parede em questão, já que a luz refletida poderá interferir.

5- Pense nas características dos ambientes

Considere o que você deseja que cada ambiente transmita. Os quartos, geralmente, são espaços destinados ao relaxamento e por isso pedem por tonalidades mais suaves e cores sóbrias, como o branco, o bege, o lavanda ou o rosa.

Já a sala é um ambiente de socialização e comunicação, por isso o contraste de cores e o uso de tons mais vivos ajudam a transmitir essa ideia de aconchego.

O banheiro pede por uma sensação de limpeza e costuma ficar melhor com a predominância de tons mais claros, já as cozinhas podem ter um contraste de tons mais alegres e vivos com cores neutras, transmitindo a ideia de limpeza e de convívio.

Ficou mais fácil decidir pelas cores de parede com essas dicas? Assine a nossa newsletter e receba sempre conteúdos bacanas como esse!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria

Comments are closed.