4 dicas para integrar sala e varanda

0
218

Tem uma sala pequena, que não te permite receber os amigos ou reunir a família com conforto? A solução pode estar logo ali, na varanda ou sacada.

Nos projetos de apartamentos atuais, aliás, cada vez mais as varandas são tratadas como extensões da sala de estar. E mesmo que esse não seja o seu caso, não se preocupe. Dar unidade a ambos os cômodos pode ser mais simples que você imagina.

Confira quatro dicas para integrar sala e varanda e garantir um melhor espaço para o seu lar!

Integrando os ambientes

Se você mora em prédio, o primeiro passo é verificar as normas do condomínio, seja para a possibilidade de fechamento da varanda ou para derrubar alguma parede que separe um cômodo do outro caso seja preciso. Feito isto, é hora de pensar na questão de como isolar o ambiente externo, para que as chuvas, o vento ou outras intempéries não entrem sala adentro.

Uma das principais soluções, nesses casos, é vedar a varanda com o envidraçamento da sacada, com material que resista às ventanias e a ação do tempo, mas que seja também flexível e que possa ser aberto quando o morador quiser. Essa é a solução mais moderna, mas também a de maior custo.

Outra opção é manter a sacada aberta e separar os dois ambientes com portas de vidro de correr – a medida vai permitir a visualização completa da área externa, garantindo a sensação de amplitude além do conforto acústico e térmico.

Pisos

Para dar unidade, é fundamental que a decoração de ambos os ambientes harmonize, conversem entre si. Portanto, é indicado o uso de um mesmo piso; se não preferir ou contar com essa possibilidade, os pisos devem pelo menos ter aspecto parecido, para dar a impressão de continuidade.

E lembre-se: na varanda, o revestimento deve ser resistente a agentes naturais como chuva, umidade, sol, entre outros. É indicado, portanto, o uso de pisos de maior durabilidade e fácil manutenção, que sejam pouco porosos, como porcelanato natural, emborrachados, fibras e alumínio.

Ah, quanto mais nivelado o chão, menos a separação dos cômodos aparece.

Revestimentos

Para que os cômodos harmonizem com equilíbrio, mantenha as mesmas cores ou revestimentos nas paredes. Essa estratégia dá unidade aos ambientes, além de dar sensação de amplitude, mas atenção: na área externa vale o mesmo conselho dos pisos, ou seja, se não optar somente por pintura nas paredes, escolha materiais que sejam resistentes e indicados para áreas externas.

Iluminação

Se optar pelo vidro na sacada ou nas portas de correr, lembre-se da ação do sol na sala, que pode incomodar em determinados dias. Nesses casos, uma ótima opção para controlar a entrada de luz natural é o uso de persianas.

Nas varandas de prédio, como o espaço faz parte do empreendimento, normalmente os pontos de iluminação no teto já vem definidos. Para criar unidade com a sala, essa iluminação pode ser complementada com pontos focais embutidos no gesso ou instalada em lugares estratégicos para valorizar painéis, bancadas ou nichos. Essa iluminação pontual garante uma atmosfera mais aconchegante e confortável.

Gostou? Que tal integrar a sua sala e varanda com funcionalidade e bom gosto? Fique de olho nas nossas dicas e até a próxima!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria