4 problemas que podem estar escondidos na reforma da casa

0
1187

4 problemas que podem estar escondidos na reforma da casa

Enquanto alguns problemas, como por exemplo, as rachaduras nas paredes, são bem aparentes em uma casa, existem outros que normalmente ficam escondidos e são mais difíceis de detectar. Embora sejam mais discretos, esses problemas encobertos não são menos graves. Pelo contrário! Por não estarem visíveis, eles são mais complicados de identificar e receber os devidos reparos. Quer saber quais são os problemas que podem estar escondidos na reforma da casa? Então continue lendo o nosso artigo e descubra!

Ausência de impermeabilização

Ao contrário do que muitos pensam, deixar de impermeabilizar a casa durante a obra não representa uma economia. Na verdade, a casa não impermeabilizada pode representar dor de cabeça e gastos a mais futuramente, já que o imóvel fica mais vulnerável a infiltrações e aí você terá que pagar caro pelos reparos, uma vez que terá que quebrar, descascar, impermeabilizar e tratar o local.

Estrutura comprometida

A parte estrutural não é vista, mas é extremamente importante, pois se as vigas e pilares da residência não forem suficientes, bem estruturados, bem dimensionados e feitos com materiais de qualidade, o imóvel pode até desabar. Como a estrutura é uma parte escondida, antes de sair quebrando as paredes, é indispensável ter acesso  à planta da casa para se certificar que por trás delas não há elementos que sustentam a casa. Além da planta, não abra mão de bons profissionais para que a parte estrutural não seja danificada.

4 problemas que podem estar escondidos na reforma da casa (2)

Problemas hidráulicos

É melhor se atentar às instalações hidráulicas quando for reformar a casa e se houver algum problema, como vazamentos, faça o reparo antes de dar prosseguimento à obra. Caso os tubos e conexões estejam velhos e danificados, o ideal é substituí-los de uma vez por produtos novos e de qualidade para não ter que quebrar tudo depois. É crucial também seguir à risca o projeto da reforma, respeitar a planta original e anotar o caminho da tubulação.

Instalações elétricas defeituosas

Assim como as instalações hidráulicas, as instalações elétricas também merecem toda atenção, pois só vemos as lâmpadas, luzes, interruptores e aparelhos funcionando, mas a maioria dos cabos e fios não fica aparente e se eles não estiverem em boas condições, podem gerar problemas como quedas de energia, sobrecarga, choques elétricos, curtos-circuitos e até mesmo incêndios. Aproveite a reforma para chegar a parte elétrica das casas, conferir o dimensionamento das instalações e garantir que a caixa de distribuição energética tem disjuntores específicos para lâmpadas, tomadas e chuveiro. Contrate um bom eletricista e antes de fechar as paredes e pisos, lembre-se de conferir se as instalações estão funcionando. Os profissionais já fazem esse tipo de teste durante a obra, mas não custa nada exigir que essa etapa seja cumprida. Isso evita dores de cabeça na reforma!

Viu como a obra é muito mais do que conseguimos enxergar? Embaixo de paredes aparentemente perfeitas e sob o piso bonito e novinho  podem, sim, haver pepinos que podem gerar transtornos no futuro. Agora que você já sabe que pepinos são esses, previna-os e fuja deles a todo custo. Conte conosco nessa tarefa! Ah, e não se esqueça de comentar o que achou do nosso artigo e dizer que assunto deseja ver por aqui!

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria