4 dicas para evitar problemas com a mão de obra em sua reforma

2
1057

Uma dos grandes desafios das obras de reforma e construção é encontrar uma mão de obra comprometida, experiente e competente. Na verdade, os profissionais contratados para a execução do serviço costumam estar entre as causas mais frequentes de problemas e dores de cabeça durante a obra. Para evitar que isso aconteça com você, confira as dicas incríveis que preparamos. Elas vão ajudar a  garantir a qualidade e tranquilidade na sua obra!

Muito cuidado na hora da contratação

Quando se trata de uma construção ou reforma, é melhor prevenir do que remediar. Isso significa que vale a pena investir um pouco mais para contratar um bom profissional. Essa medida pode evitar muitos problemas futuros! Nesse sentido, é preciso pesquisar a reputação dos mestres de obras, pedreiros, empreiteiros, arquitetos e engenheiros. Além disso, procure conhecer outros trabalhos executados por eles, converse com antigos clientes, peça indicação de amigos e familiares, mas nunca contrate às cegas. É muito importante que a mão de obra seja de confiança!

Veja se há entrosamento entre vocês

Não adianta contratar um excelente profissional e não ter nenhuma afinidade com ele. É importante conversar com os profissionais que vão trabalhar na sua obra e analisar se suas ideias estão alinhadas com as ideias dele. O entrosamento é fundamental nesse tipo de relação de trabalho, afinal, muitos profissionais atuarão por meses e meses a fio na materialização dos seus sonhos. Se vocês não se entenderem, é provável que falhas aconteçam no processo.

Faça um contrato de prestação de serviços

Durante os acordos verbais, é crucial que você discuta os preços, esclareça dúvidas e descubra o que vai ser feito em cada etapa da obra. No entanto, o que você combinar verbalmente deve ser formalizado através de um contrato. No contrato deve conter os dados pessoais ou empresariais de contratante e contratado, bem como prazos, valores, formas de pagamento, penalidades em caso de descumprimento e outras especificidades.

Resolva os problemas que surgirem com tranquilidade

Mesmo tomando os cuidados mencionados acima, é possível que aconteçam problemas e imprevistos durante a obra. Se isso ocorrer, mantenha a calma e procure solucionar da melhor maneira. Em caso de atrasos ou trabalho mal feito, procure fazer um acordo pacífico com o prestador de serviço. Nessa situação, ele pode refazer o trabalho, ressarcir o valor pago por você ou combinar novos prazos. Se você preferir, dá para optar pelo distrato e pagar apenas o serviço concluído.

Dicas extras para gerenciar a mão de obra

  • Procure fazer o pagamento parcelado, para evitar problemas futuramente.

  • Se o profissional receber pela empreitada e sumir sem prestar o serviço, use o contrato como base para acioná-lo na justiça.

  • Faça reuniões periódicas para acompanhar o andamento da obra.

  • Monitore o trabalho de perto, mas não seja chato. Você deve demonstrar confiança no profissional que escolheu.

  • Seja sempre educado e respeitoso. O fato de ser o contratante não te dá o direito de maltratar os profissionais.

  • Faça um cronograma para obra, apontando a definição de metas e prazos realistas.

  • Programe a compra de materiais e sempre opte por produtos de qualidade para evitar que os profissionais fiquem parados ou que haja quebras e desperdícios.

E aí, você gostou das nossas dicas? Elas vão te ajudar nas suas obras? Compartilhe suas opiniões conosco.

Casa Show - Guia de pequenos reparos - Parte 1 Alvenaria

2 COMENTÁRIOS

Comments are closed.